EUA proíbem importações de carne in natura do Brasil

O governo dos Estados Unidos anunciou nesta quinta-feira a suspensão de todas as importações de carne bovina in natura do Brasil. A suspensão ficará em vigor até que o Ministério da Agricultura do Brasil adote medidas que o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) considere satisfatórias.


Desde março, o Serviço de Segurança Alimentar e Inspeção (FSIS) do USDA inspecionou 100% da carne in natura vinda do Brasil, e rejeitou 11% desses produtos. O número é bem maior do que a taxa média de rejeição de 1% para a carne importada de outros países, disse o USDA.

10 comentários:

Mordaz disse...

Vergonha. Depois da operação carne fraca o ministério foi incompetente. Nada fez para fiscalizar.

Anônimo disse...

Grande obra de uma ala dos camisas negras.

Anônimo disse...

BEM QUE A POLIICIA FEDERAL AVISOU MAS A MIDIA= ESQUERDALHA SE LEVANTOU E ATACOU A POLICIA DIZENDO Q ESTAVAM EXAGERANDO- SE TIVESSEM OUVIDO A POLICIA FEDERAL ISTO NAO TERIA ACONTECIDO

Anônimo disse...

Como é bom morar em um país onde o governo se preocupa com a saúde de seu povo. Aqui tudo é aceitável como normal, até uma percentagem de pelos de rato na canela é aceitável. Cada povo tem o governo que merece. Parabéns aos Americanos.

Anônimo disse...

Este governo de m... (PMDB, PSDB, PP, PTB...), usa todo seu tempo para explicar seu envolvimento em roubalheiras que vazam toda semana, por isso não consegue resolver casos como este da qualidade da carne brasileira.
Está indo a breca o único setor que ainda está dando certo no Brasil que é a agropecuária.

Anônimo disse...

Fazem bem. Aqui não há seriedade com nada. Nem com a sua própria Constituição Federal.

Anônimo disse...

Ué mas é o governo que tem que garantir a qualidade da carne? A agropecuária não é tocada pela iniciativa privada???

Anônimo disse...

É tudo balela.
As importações realizadas,foram políticas.
As marcas de vacinas não prejudicam em nada.
Estava já,tudo organizado.
Não interessa aos Estados Unidos,carne brasileira.
Os credenciamentos foram políticos,com prazo de validade.
EEUU e Austrália são sócios no fornecimento e negócios com carnes gourmet,
e jamais deixarão que entre mais gente no negócio.

Anônimo disse...

O megaescândalo com a JBS deve ter contribuído nessa decisão .!!!

Anônimo disse...

Anônimo das 14:12 , a JBS , com as aquisições que fez nos EUA , a partir de 2005, com a compra da SWIFT e de mais duas ou três empresas norte-americanas, prontas , completas, com toda a infraestrutura de catering e transporte , passou a ser a primeira empresa de comércio de carne bovina e de aves dos EUA. Além disto , a JBS tem filiais na AUSTRÁLIA e CANADÁ . Um verdadeiro IMPÉRIO da carne , nos EUA, com dinheiro do povo brasileiro .!!! Tia Glória .