Demétrio Magnoli, O Globo - O longo voo 6237

A ideia básica do ‘ato de repúdio’ não é intimidar a vítima circunstancial, embora isso também eventualmente aconteça, mas propagar uma onda de medo

‘Foram duas horas de gritos, xingamentos, palavras de ordem contra mim e contra a TV Globo. Não eram jovens militantes, eram homens e mulheres representantes partidários. Alguns já em seus cinquenta anos. Fui ameaçada, tive meu nome achincalhado e fui acusada de ter defendido posições que não defendo.”

No voo Avianca 6237, durante duas horas, Míriam Leitão tornou-se alvo da hostilidade organizada de grupo — no caso, de delegados do Congresso Nacional do PT. A aeronave converteu-se, assim, em mais um registro numa história secular.

O “ato de repúdio” — esse é o nome da coisa — não deve ser confundido com eventos randômicos de agressão politicamente motivada. É um mecanismo de ação política consagrado por regimes e partidos que exercitam, ou almejam, um poder absoluto.

Na Rússia Soviética dos anos 20 do século passado, o “ato de repúdio” acompanhou, como uma sombra, os passos de Trotsky, Zinoviev e outros bolcheviques da velha geração que articulavam movimentos de oposição a Stalin.

CLIQUE AQUI para ler mais.

11 comentários:

Anônimo disse...

Todos partidos envolvidos em corrupção só lhes resta tumultuar.

E tumulto deve ser a meta estabelecida por eles.

Anônimo disse...

mimimiriam

Anônimo disse...

O O DEMETRIO SENTIR O MESMO! ELE ESTÁ SEMPRE FUSTIGANDO TRUMP, LE PEN, TERESA MAY, COM SUA TURMA DA GOEBELLS NEWS. O MUNDO MUDOU DEMETRIO! NÃO TEM JEITO DE SE ECONDER NO ARMÁRIO OU FICAR EM CIMA DO MURO! O MUNDO FICOU POLARIZADO! OU DIREITA OU ESQUERDA! NÃO TEM MAIS MIMIMI!

Rigor Crítico disse...

Vou propor um raciocínio legal. 1. Admitir - figurativamente falando - que a jornalista ML foi vítima de uma "bala perdida" ou seja o incidente não tem nada a ver com ela que simplesmente "estava na hora errada no lugar errado junto a pessoas erradas". 2. Admitir que sempre que funcionário da TV Globo é agredido na realidade passa por alvo menor, a "bola da vez" - seja quem for dentre os globais - pois que o alvo maior será sempre a Organização Globo. 3. Admitir que é inegável a rede Globo/TV agregar um quadro de profissionais e utilizar recursos técnicos que a coloca no "time de primeiro mundo" ou seja está bem mais adiantada (mais de mais) em relação ao tudo mais nacional, ao cotidiano brasileiro. 4. Admitir que a partir de 2003 os indivíduos engajados no ou motivados pelo lulopetismo (índice de aprovação ao Lula de 60 a 80%) acreditaram que teriam todo tempo do mundo para “atingir um outro mundo”. 5. Admitir que o lulopetismo não contava com o Mensalão, com a crise/2008, com a Dilma, com Lava-Jato/Petrolão. 6. Admitir que o eleitorado/2002 de Lula na quase totalidade não soube da Carta Aos Brasileiros e, os poucos que se inteiraram simplesmente desprezaram. 7. Admitir também que a petezada (= alguma vez eleitor de Lula desde 2002) não lê jornal diariamente muito menos revistas semanais. 8. Admitir daí que praticamente a TV Globo (pela diversidade em entretenimentos) é o único elo da petezada com o mundo. 9. Admitir que é muito triste levar uma vida atrelada a um único meio de comunicação, francamente falando a petezada leva uma vida miserável. 10. O jornalismo é tido como “um psicólogo do pensamento social” (= no sentido de “explicar” ao indivíduo o que se passa na sua mente a respeito do mundo à sua volta). 11. Concluindo: a) a jornalista ML “tirou de letra” ou seja não se deixou intimidar; b) a petezada está já em clima de “cair em queda livre” diante da eminente prisão de Lula (e toda cúpula/PT na cadeia); c) a Globo vai continuar a reunir/ter “muitos mais conhecimentos fidedignos do que a nossa vã filosofia imagina”.

Anônimo disse...

E A SEGURANÇA DE VOO DEIXOU COMO NORMAL, NÃO ACUDIU PARA VOLTAR A NORMALIDADE?TRIPULAÇÃO PETRALHA...UM PERIGO!

QUAL A EMPRESA?

Anônimo disse...

AEROLINEAS TABAJARA?

Anônimo disse...

briga de quadrilheiros.

Anônimo disse...

ESTA COMUNA QUE SE DANE LAZARENTA VIVE LAMBENDO O PT NANICO =BEM FEITO

Anônimo disse...

O ariculista não precisa pegar a Russia como exemplo para justificar sua teoria.

Os exemplos estão aqui no Brasil e recententes. Pega o exemplo do Jornalista Juca Kfuri, Jõ Soares, Ciro Gomes, Finado Min do STF, Teori, etc.

Manifestantes pró-impeachment tentam intimidar Juca Kfouri, mas se acovardam.

29 de março de 2016 - Revista Forum

Da rua, quatro homens com camisetas da CBF xingavam o jornalista esportivo e o chamavam de petista mas, quando Juca resolveu descer, mudaram o tom: “Eu gostaria que você repetisse que não é petista, porque sou seu fã”

Depois de Jô Soares, Chico Buarque, Teori Zavascki, Alexandre Padilha e Ciro Gomes, agora foi a vez do jornalista esportivo Juca Kfouri de ser alvo do ódio de manifestantes pró-impeachment. Na noite desta segunda-feira (28), quatro homens com camisetas da CBF, um deles mascarado, pararam na esquina do prédio onde Kfouri mora, em São Paulo, e começaram a o hostilizar com xingamentos e gritos de “petista”.

O relato é do próprio jornalista, que publicou o caso em seu blog.

“Na segunda-feira retrasada já tinham feito o mesmo, com dois carros, e eram oito. Eu não estava em casa, mas minha mulher os viu, assim como o guarda-noturno, que não anotou as placas. Hoje, desci, anotei a placa e os abordei”, escreveu Juca.

De acordo com o jornalista, ele os abordou dizendo que não era petista e que era contra o impeachment.

“Eu gostaria que você repetisse que não é petista, porque sou seu fã”, disse o de máscara, mudando o tom da agressão.

Juca repetiu que era contra o impeachment e o mascarado afirmava não entender como uma pessoa que é contra o impeachment possa não ser petista.

“Por que você é um ignorante político”, respondeu o jornalista....

PS: O articulista, ligado ao PSDB tem memória curta e seletiva.

Anônimo disse...

Porque não chamaram a PF?

Anônimo disse...

Juca e outro ignorante político e petista..kkkkk