Bruno Miragem sai e Eunice Nequete é a nova procuradora-geral de Porto Alegre

O advogado Bruno Miragem pediu demissão do cargo de procurador-geral do município de Porto Alegre. A substituta é Eunice Nequete, procuradora aposentada do Estado. Eunice ocupou cargos importantes em vários governos estaduais.

Bruno Miragem desmentiu qualquer desentendimento com o prefeito Marchezan Júnior.,

10 comentários:

Nani disse...

Seria um procurador que não acha nada???

Anônimo disse...

Então por que saiu?

Anônimo disse...



E a lei do teto continua sem aplicação. Os Procuradores e Fiscais continuam ganhando R$ 40.000,00 por mês.

Já falei que mais cedo ou mais tarde Marchesan vai ter que comer na mão deste pessoal se quiser governar.

De que forma um procurador-geral pode trabalhar sem apoio do seus servidores.

Anônimo disse...

Aí tem.

Anônimo disse...

Quem é Bruno Miragem? ??????????????????????

Anônimo disse...

Só ficam os que precisam mesmo, quem tem carreira fora não se sujeita aos absurdos​ desse prefeito. O problema é que os mamadores, que tem carreira toda dentro de partidos, que não passaram em concurso ou se firmaram no privado, ficam até o final, ou melhor, participam de todos os governos...aí a gestão dos órgãos fica essa naba e que por ignorância alheia, dizem ser culpa dos servidores de carreira.

Anônimo disse...



O problema da prefeitura são os "Iluminatis". Prefeito entra, Prefeito sai e eles estão sempre no poder. Mais ou menos assim:

Os CC's que eram amigos do meu inimigo, agora são meus competentes e qualificados amigos de CONFIANÇA que foram selecionados na "Banca de Talentos".

Serve o mesmo para uma turma de servidores de carreira coordenadores e chefias que não saíram do cargo por serem .aba o3os.

Anônimo disse...

Neste blog tem alguns esclarecimentos sobre o assunto:

http://imprensalivrers.blogspot.com.br/2017/06/mais-um-figurao-do-municipio-pede.html

Anônimo disse...


"Procurador-Geral do Município pede pra sair.

Após ser descoberto por colegas municipários que um dos seus clientes no escritório de advocacia que é dono, é nada mais e nada menor que a COMUNITAS (vide Consultoria Falconi), o Sr. Bruno Miragem cai fora do governo Marchezan.

Estranho que o acordo de cooperação com a COMUNITAS feito em fevereiro, que prevê um monte de maldades para os Servidores Públicos foi articulado pelo então Procurador-Geral Bruno Miragem. E não houve licitação na contratação do COMUNITAS. O COMUNITAS utilizou salas, luz, telefones, rede de internet da administração pública municipal. Menos mal que o Mirage saiu, assim não vai precisar mais fugir na tarde em dias de semana para lecionar suas aulas na UFRGS."

O Blog IMPRENSALIVRERS ficou sabendo que a Dra. Eunice Nequete vai ser sua substituta. O Blog sabe que a Dra. Eunice é uma das mais brilhantes advogadas do Rio Grande do Sul. A Dra. Eunice é filha do lendário juiz Lenine Nequete, um dos maiores e melhores juízes que o país já teve.

Fonte: http://imprensalivrers.blogspot.com.br

Anônimo disse...

Tudo está no site Transparência... Dois exemplos clássicos da corrupção: 1º - Cootravipa/Procuradoria do Município (200 mil mês para servir café e limpar patentes). 2º - O quilometro de capina mais caro do país (850 reais, sem que a Cooperativa recolha encargos fiscais. No final, na Justiça, a Prefeitura é quem paga mais 600 reais).

Uma das coi$a$ mais intrigantes de Porto Alegre é a tal de COOTRAVIPA. É uma verdadeira CAIXA PRETA. Quem é o verdadeiro dono da COOTRAVIPA? Ou donos?

A COOTRAVIPA possui contratos milionários anuais (mais de 200 milhões) com o município de Porto Alegre (DMLU, FASC, Secretaria Municipal da Saúde, Secretaria Municipal da Cultura, Secretaria Municipal de Urbanismo, PGM, DEP, Secretaria Municipal de Obras e Viação, Secretaria Municipal de Indústria e Comércio, Secretaria Municipal da Administração, Secretaria Municipal da Fazenda, PREVIMPA, Gabinete do Musculoso).

Quem é o mágico do advogado da COOTRAVIPA, que consegue alijar toda a concorrências dos certames em favor da mais rica cooperativa de trabalho do país?