Assim como Temer, prefeitos das capitais do Sul enfrentam problemas com "herança maldita"

A prefeitura de Porto Alegre infomou hoje que vai parcelar o pagamento dos salários de junho dos servidores que ultrapassam R$ 10,6 mil. Quem receber acima desse valor, ou 5% do número de servidores da administração direta, terá a diferença a partir de R$ 10,6 mil até o vencimento integral pago no dia 4 de julho.

Nesta sexta-feira, 95% do quadro da administração direta, que totaliza quase 12,5 mil funcionários, recebem os valores completos. O prefeito Marchezan Jr alega que recebeu a prefeitura quebrada com o caixa no vermelho e conseguiu pagar todas as contas em dia até este mês de junho.

Em Florianópolis o prefeito Gean Loureiro também tem o mesmo problema para não pagar as contas de serviços essências como o telefone e por isso escolas, creches e até do gabinete do prefeito de Floripa, umas das cinco cidades mais turísticas do Brasil, estão com os telefones e a internet sem funcionar.

Ontem, os vereadores da capital paranaense aprovaram os quatro principais projetos do ajuste fiscal de Curitiba em segundo turno. Agora, as proposições seguem para a sanção do prefeito Rafael Greca. A Câmara já havia aprovado na segunda-feira, em primeira discussão, os quatro temas principais e de maior repercussão entre os servidores: o aumento da contribuição previdenciária e a retirada de R$ 600 milhões do IPMC (Instituto da Previdência Municipal), a suspensão do plano de cargos e salários e alteração da data-base dos servidores, a renegociação da dívida e a criação de uma lei de responsabilidade municipal.

16 comentários:

Anônimo disse...

verdade o temer assim como estados e municipios esato agonizando na pior crise da historia nao tem 1 real em caixa estao endividados aqui em santa catarina um estado rico esta quebrado tambem cidades ricas e prosperas como itajai onde tem porto, belas praias assim como floripa a situaçao é de mireria a saude está na uti com hospitais e leitos fechando o estado a se arrsastando aqui cheio de plcas de aluga se e vende- se isto foi o que deixou o pt maldito em 13 anos nos destruiu no pais todo

leiam no site imprensa viva que desmascara janot e fachin vermelhos com o golpe q querem dar em temer o arrancando as pressas da presidencia - é gravissimo

Anônimo disse...

O mesmo ocorreu com o Doria, pegou a prefeitura de São Paulo em frangalhos.Ainda bem que o Paulistano resolveu o problema rapidinho, só espero que não entrem novamente na lábia dos petista que só sabem administrar com saliva, ou seja, na conversa fiada.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Anônimo das 16:47 hs é muito simples entender, os governos perdulários gastam o que tem e o que não tem, perdem eleições dão aumentos parcelados por vários anos, comprometendo a administração posterior, ou usando subterfugios, dinheiro que estão na justiça de precatorios,não pagam as dividas etc.Talvez lembre alguém que vc conheça.Veja no Governo Federal, todos Fundos de Pensão eram Superávitarios e estão em petição de miséria, Os Correios eram superávitarios e dava todo ano boas PLRs, Participação nos Lucros e Resultados, hoje estão chupando o dedo maior.Em 2003 o Bradil devia 850 bilhões, divida interna e externa, hoje está devendo em torno de 3,5 trilhões, só isso já respobde seu comentário pois que pegar em 2018 Até 2040 estará em papos de aranha, destruir,implodir é fácil, duro é revonstruir tudo de novo.

Anônimo disse...

Anônimo das 16:47 hs, Tem gente que compra e anda vom carro zero, celular, TV a Cabo, Netflix e o diabo que o carregue, deve para todo mundo e vive ostentando.Sobra para familiares ou fiadores, é mais ou menos o caso dos prefeitos perdularios que vc apontou.

Anônimo disse...

Tudo onda, se quer se lamentar vai pra casa. Essa desculpa de culpar a antiga gestão é mais velha que andar pra frente. Pq assumiu??? Tá ruim, pede pra sair e leva teus partidos junto.

Anônimo disse...


Papo furado. Os municípios arcaram com varias responsabilidades depois da constituição de 1988. Me parece que menos de 20% da tributação fica nas prefeituras. Devemos é acabar com a Monarquia e reduzir drasticamente as casas legislativas para começo de conversa.

Anônimo disse...

Verdades ou mentiras?

O projeto original encaminhado por Marchezan à Câmara definia apenas a criação de um bônus para secretários que são concursados em outros órgãos. No entanto, uma emenda ao texto foi aprovada, aumentando de R$ 19,4 mil para R$ 30,4 mil o teto salarial do município. O prefeito vetou a alteração. No entanto, a prefeitura mudou de ideia após pressão dos servidores. Se o teto fosse reduzido, a prefeitura estima economia anual de R$ 66 milhões.

Marchesan enviou a Lei do Teto e depois de fazer terrorismo (ou encenação) se rendeu para as categorias abastadas. A Câmara deturpou o projeto original devolvendo para os marajás os salários acima de R$30.000,00.
Foi dito aqui neste blog que era um "Migue" do Prefeito para que ele lavasse as mãos do abacaxi que havia se metido (confrontar os Procurados e Agentes Fiscais). Fez somente uma encenação para seu eleitor.

Marchesan mais uma vez decepciona e demonstra toda a sua fragilidade em fazer valer suas frases de efeito.

Começo a acreditar que Fortunati não esta mentindo quando diz que falta saber administrar ou aprender a ficar mais de boca fechada.




Pedro Lagomarcino disse...

Caro Políbio Braga,
Nelson Marchezan Jr. não pode se queixar do PT.
Pelo contrário, ele se coligou, lamentavelmente ao PT.
Basta ver que nomeou como Secretário de sua (indi)gestão Luciano Alabarce, fichado no PT e ex-Secretário da gestão Jairo Jorge, em Canoas-RS.
Isso para não falar na nomeação do Diretor do HPS, Dr. Amarilio, outro fichado no PT.
Marchesan Jr. destruiu a base eleitoral que fez na campanha.
É um desastre de gestão, diga-se de passagem, já notadamente marcada pela incoerência de suas alianças pós-eleições.
Atenciosamente,
Dr. Pedro Lagomarcino
OAB/RS 63.784

Anônimo disse...

Comentário excluído

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

BIG KARL disse...

Pois é... esse playboy das redes sociais não tem a mínima competência pra administrar um isopor com lata de cerveja na saída de estádio de futebol, muito menos a capital do RS. Com o auxílio dos vagabundos da CMPA, elle vai fazendo m... sobre m... Aplicou a CF/88 no que tange ao teto salarial. Vetou uma maracutaia dos vagabundos da CMPA, que visava burlar a CF/88. Justificou muito bem. Agora, parece que não tem convicção de suas ideias, quiçá das coisas que escreve. É um b... no (des)comando da cidade. Pede pra sair!