Assembléia gaúcha continua fugindo do ajuste fiscal e só aprova dois dos 11 projetos enviados por Sartori no início do ano.

Os deputados estaduais impedem o ajuste fiscal e com isto homologam o prosseguimento dos atrasos salariais, a continuidade dos maus serviços públicos e a a falta de dinheiro para investir na infraestrutura.

Avançaram pouco as discussões de projetos do pacote de ajuste fiscal proposto pelo Piratini. Os deputados fogem das discussões principais, como a questão das privatizações de estatais, condição fundamental para que o governo repactue sua dívida com a União e saia do sufoco, retomando os pagamentos em dia dos salários, melhorando a qualidade dos serviços públicos e inflando investimentos na infraestrutura.

Apenas dois dos 11  projetos do pacote foram votados — ambos aprovados pela Casa — nesta terça-feira.

- PLC 243/2016, que proíbe averbação da licença especial em dobro para policias militares, foi aprovado por 32 votos a 16.  A mudança no projeto também reduziu para 20 anos o tempo efetivo de serviço para policiais mulheres passarem à reserva. Souza prometeu que o governo vai enviar nova proposta para ajustar imperfeições no projeto aprovado nesta terça.
- PL 268/2016, que altera as leis sobre Taxas de Serviços Diversos e a que dispõe sobre a organização do Sistema Estadual de Proteção Ambiental. O texto foi aprovado com 42 votos favoráveis e cinco contrários.


A sessão foi encerrada antes da apreciação da PEC que altera o conceito de tempo de serviço pelo de contribuição na Constituição Estadual por falta de quórum. O projeto poderá ser votado na próxima terça-feira.

17 comentários:

Unknown disse...

Populistas, pródigos e perdulários... faliram o RS e agora não querem arcar com as consequências!!!
Nem o acordão de renegociação da dívida com o governo federal nos salva de ter que levar à sério a inviabilidade fiscal do estado.
Tem que cortar na carne!!!
Redução de custos já!!!

Anônimo disse...



O Sartori e o PMDB vão para o caixão sozinhos. Ano que vem tem eleições...

Anônimo disse...

Os políticos em geral não são eleitos para resolver os problemas e sim criar oportunidades e riquezas para sí ou seus apadrinhados.
No RS é pior ainda, pois alem de toda fakta de compromisso citado acima, há uma bestial cultura de revanchismo, brigas e orgulho.
Nenhum se safa. Até mesmo novatos como Marcel tem um discurso e atitudes diferentes. Anota aí: Nunca vamos melhorar como sociedade, NUNCA.

Anônimo disse...

o deputado é mais poderoso que o desgovernador Sartori

Quando querem trancar uma coisa eles tem o poder. Afinal, as coisas mais importantes passam por eles antes

Agora ao invés de reclamarem aqui. Anotem o nome do seu deputado e saibam em que nâo votar em 2018

Anônimo disse...

CRISE SÓ EXISTE PARA QUEM VIVE NA INICIATIVA PRIVADA....

SUGESTÃO:
GOVERNADOR SARTORI....LARGA DE MÃO....DEIXA O CAIXA ARREBENTAR DE VEZ E MANDA O PIPINO PARA A ASSEMBLÉIA....FODA-SE....

NÃO PAGA A CONTA SOZINHO...A ESQUERDA(PT, PSOL, PC do B) ELES ADORAM POBRES...MISÉRIA...DESTRUIR É COM ELES...PARA ELES QUANTO PIOR MELHOR....AI VAI TER MAIS CARGA TRIBUTARIA...MAIS EMPRESAS VÃO SAIR DOS PAMPAS...A MISÉRIA FINANCEIRA AUMENTA A POPULAÇÃO FICA COM MENOS GRANA NO BOLSO, AUTOMATICAMENTE MAIS POBRE....ESSE É O PROJETO COMUNISTA PARA CONSEGUIR ELEGER ALGUNS BOCA BERTAS...

Anônimo disse...

Bom dia Editor.
Que retórica bem batida.Você já deve ter esquecido o governo Brito, renegociou a dívida, privatizou e atolou o RS, Sartori tenta trilhar a mesma estrada, por sorte não está conseguindo.

Anônimo disse...

Com raras exceções, como é o caso do Marcel, esses deputados são um bando de parasitas públicos, iguais aos funcionários públicos corporativistas e sindicalistas.

Anônimo disse...

É seu imbecil. Privatizou a CRT e por isso hoje tu tem celular facil, internet facil e etc. Até hoje tem ações da CRT pendentes. Escreve só idiotice.

Anônimo disse...

Mas a idéia é essa. A esquerda não quer perder o discurso. Afinal eles são os bonzinhos, os demais.... E lembre-se, quanto pior melhor. As eleições estão próximas. Será que alguém acredita que pensam no Brasil? Pensam. Mas do Brasil deles, só deles. Esquerda e ultra-direita são irmãos gêmeos, da mesma tragédia que se abate nessa terra.

Anônimo disse...

Tu é um reclamão de plantão.
Já tá esse discurso em .txt no teu computador. É copia e cola todo dia a mesma coisa.

Porque não te identifica? Posta teu nome, profissão e salário.

Tá reclamando faz concurso público se ser funcionário publico é as mil maravilhas como tu acha

Anônimo disse...

Preparem -se porque daqui para frente só vai piorar entra governo e sai governo e nenhum consegue quitar a dívida do outro.

Anônimo disse...

Boa tarde Grande Pensador,
O que o teu celular ou tua Internet está influenciando na crise do RS.
Seja mais racional e menos direita raivosa. Aproveite o espaço para debater.

Anônimo disse...

Com raras exceções, como é o caso do Marcel, esses deputados são um bando de parasitas públicos, iguais aos funcionários públicos corporativistas e sindicalistas.

ESSE FRANGUINHO (VAN RATO)É OUTRO QUE NÃO LARGA A TETA PÚBLICA AÍ E DEPOIS VEM DAR UMA DE JUSTICEIRO DO SETOR PRIVADO, SETOR DO QUAL ELE NUNCA FEZ PARTE!

Anônimo disse...

O Brito privatizou pouco. Tinha que extinguir ou privatizar muito mais. Estado mínimo é a solução. Chega de vagabundos na TVE, FZB, FEE, EGR,....e sim, tenho raiva de gente que quer estatização das coisas. Me diga o serviço publico que funciona nessa bosta e país?

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Meu Caro.
Me diga o que funciona perfeitamente na iniciativa privada?
Em todos os setores (público /privado )existem falhas, omissões.

Anônimo disse...

Compare as rodovias sob responsabilidade da iniciativa privada e do DNIT e já terá um exemplo. Compare tirar carteira hoje CFCs com o passado DETRAN/PC. Acesso telefonia hoje com CRT,