Artigo, senadora Ana Amélia - Desfecho para a crise

ana.amelia@senadora.gov.br

A sociedade acompanha, perplexa, a crise política e institucional que recrudesceu nas últimas semanas, ameaçando contaminar a economia, que apresentava sinais visíveis de recuperação.  Não é mais possível protelar decisões que precisam ser tomadas para garantir um mínimo de normalidade ao cotidiano dos brasileiros. É preciso acelerar a retomada do crescimento econômico e produzir o círculo virtuoso que resulte em desenvolvimento sustentável, reduzindo o grave problema social provocado pelo desemprego. Hoje são mais de 14 milhões de brasileiros na informalidade. O governo Temer está com poucas condições políticas, indispensáveis para garantir a governabilidade.  Aos desacertos políticos se somam graves denúncias que vieram à tona, envolvendo a figura do próprio presidente e de assessores muito próximos. O resultado é um governo fragilizado, acumulando impopularidade, como atestaram recentes pesquisas de opinião.

A saída honrosa para Temer e a solução mais rápida para o impasse seria a renúncia.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

14 comentários:

Anônimo disse...

LULA:"se me prenderem, eu viro herói. Se me matarem, viro mártir. E se me deixarem solto, viro presidente de novo"...TEMER: se renunciar, eu viro herói. se me impicharem, viro mártir. se deixarem como esta, viro presidente em 2018".

Mordaz disse...

Bandido não renuncia. Senão não seria bandido. Evidente que um partido que vem roubando o país desde as diretas já não se preocupa com o mesmo.

Anônimo disse...

ela tambem ta na lista ... recebeu grana pra campanha ... me ajuda ai tem é q fechar o congresso e stf este sistema presidencialista nao deu certo

Anônimo disse...

Só falta culparem o Temer pelo desaparecimento dos pardais em São Paulo e Curitiba.

Anônimo disse...

Demagogia.

Anônimo disse...

Mas o Temer é honesto.

Nos últimos 13 anos ele também não sabia de nada.

Anônimo disse...

Saida "HONROSA" para ladrão???? E esta saida "HONROSA" inclui receber na saida
para colocar no peito a MEDALHA CRUZEIRO DO SUL???

Unknown disse...

Par renunciar tem que ser estadista, ter grandeza e ter hombridade, coisas raras nos dias de hoje!!!

Anônimo disse...

A "SAIDA HONROSA" preconizada pela Ana Amélia inclui ALGUMA MEDALHA DE CONDECORAÇÃO MILITAR ofertada pelos militares ao TEMER como "PRÊMIO DE CONSOLAÇÃO" antes da saída dele ou esta "SAÏDA HONROSA" quer dizer apenas
ele "LEVAR UM PONTAPÉ NA BUNDA CARINHOSO DOS MILICOS" na saída?

Anônimo disse...

Anonimo das 11:15 o traíra não tem votos nem para se eleger sindico de prédio.

Anônimo disse...

A dona Ana Amélia Lemos era CC fantasma (portaria nº 256, de 9 de junho de 1986) do senador biônico Octávio Omar Cardoso, seu marido, em 1986. A carga horária era de 40 horas semanais, porém a mesma acumulava a função com cargo de diretora da Sucursal do Grupo RBS, em Brasília.

Questionada por Zero Hora ela respondeu: "O fato existe. Foi um erro de quase 30 anos passados, quando exerci uma função de assessoria com um salário baixo, para o meu marido. Mas foi antes de 1988, antes da Lei de Nepotismo", disse Ana Amélia.

Como boa "moralista" que é fez escola, ficar em casa e ganhar sem trabalhar.

Nas eleições de 2010 e 2014 Ana Amélia também omitiu da declaração de bens da Justiça Eleitoral, uma fazenda de sua propriedade de 1.700 hectares em Formosa - Goias.

Ana amélia, candidata derrotada ao governo do Rio Grande do Sul, em 2014, perdeu uma excelente oportunidade de demonstrar, de fato, sua indignação com a corrupção. No ano passado, Ana Amélia votou contra o financiamento empresarial de campanhas eleitorais, medida reconhecida como essencial para acabar com a preponderância do poder econômico nas eleições e cortar o mal da corrupção pela raiz.

A atividade parlamentar da senadora é bastante intensa. Entre 2010 e 2014, segundo levantamento feito pelo jornalista Luiz Afonso Franz no site do Senado, Ana Amélia havia apresentado 57 projetos. Entretanto, apenas um chegou a ser aprovado, denominando o trecho da rodovia BR-287, localizado entre as cidades de São Borja e Santiago, de “Rodovia José Pereira Alvarez”, homenagem ao pecuarista de mesmo nome que foi prefeito de São Borja.

Alberto disse...

Ana Amélia: inicie a limpeza expulsando o Zé Otávio 'Cachoeira'!

Anônimo disse...

Comece a limoeza saindo do pp do malufv partido aliado do pt que junto com o pmdb depenaram nosso pais por 13 anos pois eram governo

Anônimo disse...

Aprovem as reformas antes!!!!