Artigo, Elio Gaspari, Correio do Povo - O Planalto expôs o homem da CIA

Foi uma operação tabajara, mas a identidade do chefe da espionagem americana é um segredo de polichinelo

Coisa jamais vista. Sem o menor motivo, o Gabinete de Segurança Institucional do presidente Temer revelou em sua agenda pública que o general Sérgio Etchegoyen recebeu a visita de Duayne Norman, “chefe do posto da Central Intelligence Agency em Brasília”.

No melhor estilo tabajara, veio a explicação de que fizeram isso em nome do que seria uma “transparência ativa”, de acordo com a Lei de Acesso à Informação, que determina o registro dos nomes e cargos de quem é recebido em audiências por hierarcas.

Antes fosse. O doutor Duayne Norman, bem como todos os seus antecessores e sucessores, não se apresenta como chefe do posto da CIA, mas como funcionário do setor político da embaixada

CLIQUE AQUI para ler tudo.

7 comentários:

Anônimo disse...

Em documentário visto recentemente, sobre a participação da CIA , embaixadar do USA, e JFK, onde relatam a compra de deputados para minar o esquerdista Jango, e lógico com a participação das Forças Armadas. Na época a situação era semelhante a atual. Com menos roubalheira...pois o político brasileiro era mais amador.. Quem sabe não está se repetindo a intervencao...na epoca por pouco não viramos uma Gigante Cuba.

Anônimo disse...

Mais uma cilada para tentar derrubar o General Etchegoyen, Ministro-Chefe do GSI. A esquerda não desiste .!!!

Anônimo disse...

O General Virou alvo dos lavajatistas fanáticos, só por ter sido apontado, sem provas, de ter investigado e achado as ligações do Fachin dos OS batistas da JBS.

Anônimo disse...

Estas situações são comuns. Países investigam países e no caso em pauta, tudo era devidamente conhecido de ambas as administrações, tanto assim que o general incompetente Etchegoyen sabia da posição do funcionário da embaixada como agente de CIA. Não deveria ter exposto tão infantilmente o funcionário, revelando sua identidade de agente, violando os procedimentos entre os dois países na colaboração de segurança. Incompetente, tanto ele como seus comandados dessa estrovenga chamada ABIN, a mais inútil agência de espionagem do mundo e o tal GSI, ambos comandados por ele. O Brasil é mesmo um país de quinto mundo. Veja nas mãos de quem está a nossa agência de segurança, de espionagem, nas mãos de um general de quinta categoria. Se na ABIN e GSI é assim, imagina no comando das Forças. É por isso que os esquerdopatas, os facinorosos Stédile e Boulos da vida fazem o que querem sem sequer uma reprimenda. São os futuros generais do Brasil Bolivariano.

Anônimo disse...

Anônimo das 14: 39 , se houve realmente vazamento , seguramente a fonte não foi o Ministro Chefe do GSI ou
a ABIN .!!!

Anônimo disse...

Bah então estou ferrado, vão descobrir que sou agente da CIA também ou da ZIA...

ATENTO disse...

ENTÃO SE ERA DA CIA NÃO ERA SECRETO POIS TODO MUNDO SABIA, QUE BOBAGEM!
]
SE ALGUEM QUIS CHAMAR A ATENÇÃO SOBRE ALGUEM FOI PROPOSITAL, ESTÚPIDO!

PROPOSITAL!