Wambert continua cotado para secretaria do Meio Ambiente

Wambert Di Lorenzo, vereador do Pros, poderá ser indicado para a posição de secretário municipal do Meio Ambiente.

Ele é da base aliada, depois de ter sido eleito em oposição ao atual prefeito, com o qual acaba de se recoinciliar.

21 comentários:

Anônimo disse...


Mostrando que "está" e não "é" vereador...Tem a capacidade de voltar atrás de enxergar e distinguir o certo e o errado...Com certeza será um excelente um secretário...

Anônimo disse...

Um dos melhores nomes para assumir a pasta!

Anônimo disse...

Agora ficou ruim para o Marquezan. Se não for o Wamberti quero ver ele achar um secretário com o curriculo melhor

Anônimo disse...

FOI POR ISSO ENTÃO POLIBIO QUE O HOMEM SE VENDEU POIS LEMBRO QUE NO COMEÇO ERA ELE QUEM FAZIA MAIS OPOSIÇÃO AO MARCHEZAN, QUE QUALQUER OUTRO, POIS AGORA GANHOU UMA TETA E LARGOU DE SER OPOSIÇÃO, ESTA EXPLICADO PARA QUEM VOTOU NELE SABER BEM QUEM ELE É.

Anônimo disse...

...continua barganhando...eita, politicalha velha essa

Anônimo disse...

wambert foi presidente da fdrh e sabe como ninguém que aquela fundação não tem finalidade pública alguma, porém segue operando normalmente mesmo com a extinção aprovada na assembléia.

Anônimo disse...

Te se mostrado um excelente vereador e será um ótimo Secretário!

Anônimo disse...

Bolsonaro foi acusado por indisciplina e deslealdade no Exército:

Ex-capitão chegou a ser considerado culpado por um Conselho de Justificação formado por três coronéis, mas foi absolvido pelo STM

Zero Hora. 15/05/2017.Rafaela Martins/Agencia RBS

Bolsonaro foi acusado por indisciplina e deslealdade no Exército

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) admitiu, em 1987, que cometeu atos de indisciplina e deslealdade em relação aos superiores no Exército. Conforme reportagem do jornal Folha de S.Paulo, que obteve a documentação com os dados da Superior Tribunal Militar (SMT), o então capitão foi acusado por cinco irregularidades e chegou a ser considerado culpado por um Conselho de Justificação formado por três coronéis, em uma espécie de inquérito.

O caso, no entanto, chegou ao STM, onde Bolsonaro foi absolvido por oito votos a quatro. Bolsonaro foi julgado por ter escrito um artigo à Revista Veja, em 1986, sem pedir autorização dos superiores. No texto, ele defendia o aumento dos salários pagos às tropas. O ex-capitão também foi investigado por ter afirmado à mesma publicação, meses depois, que ele e outro oficial planejavam um ataque a unidade militares do Rio com bombas-relógio.

Em reportagem publicada pela Veja, na época, Bolsonaro explicava como se constrói uma bomba-relógio e dizia que o plano envolvia apenas "a explosão de algumas espoletas". A revista também divulgou esboços atribuídos ao ex-capitão.

Ao Conselho de Justificação e ao STM, Bolsonaro negou ter planejado qualquer ataque com bombas e citou dois testes grafotécnicos que resultaram inconclusos. Uma perícia da Polícia Federal (PF), entretanto, apontou que as anotações sobre o plano com bombas pertenciam a ele. A conclusão serviu como base para a decisão que o considerou culpado no Conselho de Justificação. No STM, o ex-capitão reconheceu a autoria do artigo, mas negou o plano envolvendo as bombas. Ele foi absolvido meses depois.

Os documentos obtidos pela Folha apontam que o deputado federal chegou a ser preso por 15 dias por "ter ferido a ética, gerando clima de inquietação na organização militar". Em 1987, Bolsonaro assinou um documento em que reconheceu ter cometido uma "transgressão disciplinar".

Procurada, a assessoria de imprensa de Bolsonaro afirmou que a reportagem "é idiota e imbecil" e perguntou "quem estava pagando" pela matéria. O assessor do deputado ainda disse que a "pauta é uma merda" e não quis anotar o telefone de contato do repórter para dar a versão do deputado sobre o tema. O parlamentar não se manifestou.

PS: Se Lula e Dilma, que não foram militares e tiveram a ficha montada pelo Regima militar a direita diz horrores, o que dirão de Bolsoraro, cujs dados são "oficiais" do STM? Subversivo? Vagabundo? Criminoso? psicopata?

Anônimo disse...

bom

Anônimo disse...


Deve ser mais um outro "NOTÁVEL" do bando de "TALENTOS" de Marchezan. Como a diretora do DEMHAB, Luciana Skrebski, que tem um bun-dão notável. De inaugurar duas patentes ao mesmo tempo!!!

Anônimo disse...


E quem és tu??
Jurado do Chacrinha?

Anônimo disse...


Por dinheiro, todos os políticos mixês voltam atrás!!

E Marchezan aumentou os salários dos secretários para R$30.000,00.

Mesmo "modus operandi" do sádico Sartori e do Temer aliado do PT.

Depois vem mentir que a prefeitura está um horror.

Marchezan é do PSDB de Aloísio Nunes, FHC e Aécio Neves, bolivarianos cúmplices do Lulladrão.

Anônimo disse...



Por dinheiro, todos os políticos mixês voltam atrás!!

E Marchezan aumentou os salários dos secretários para R$30.000,00.

Mesmo "modus operandi" do sádico Sartori e do Temer aliado do PT.

Depois vem mentir que a prefeitura está um horror.

Marchezan é do PSDB de Aloísio Nunes, FHC e Aécio Neves, bolivarianos cúmplices do Lulladrão.

Anônimo disse...



Por dinheiro, todos os políticos mixês voltam atrás!!

E Marchezan aumentou os salários dos secretários para R$30.000,00.

Mesmo "modus operandi" do sádico Sartori e do Temer aliado do PT.

Depois vem mentir que a prefeitura está um horror.

Marchezan é do PSDB de Aloísio Nunes, FHC e Aécio Neves, bolivarianos cúmplices do Lulladrão.

Anônimo disse...



Por dinheiro, todos os políticos mixês voltam atrás!!

E Marchezan aumentou os salários dos secretários para R$30.000,00.

Mesmo "modus operandi" do sádico Sartori e do Temer aliado do PT.

Depois vem mentir que a prefeitura está um horror.

Marchezan é do PSDB de Aloísio Nunes, FHC e Aécio Neves, bolivarianos cúmplices do Lulladrão.

Anônimo disse...



Por dinheiro, todos os políticos mixês voltam atrás!!

E Marchezan aumentou os salários dos secretários para R$30.000,00.

Mesmo "modus operandi" do sádico Sartori e do Temer aliado do PT.

Depois vem mentir que a prefeitura está um horror.

Marchezan é do PSDB de Aloísio Nunes, FHC e Aécio Neves, bolivarianos cúmplices do Lulladrão.

Anônimo disse...

Sempre admirei a postura e inteligência do Prof. Wambert. Sua divergência interna com o PSDB não agregava nada. Em boa hora vem essa reconciliação, pois de bons quadros a politica gaúcha necessita. E Porto Alegre muito mais, haja visto o lixo que por ali insiste em se manter, tipo manuelas, jussaras, sofias, marias do rosário, ruas, etc...etc...

Anônimo disse...

Achei otima escolha ele é muito competente

Anônimo disse...

O PSDB NUNCA FOI BOLIVARIANO- OLHA O PELEGAO DO PT AI MENTINDO

Anônimo disse...

este eu concordo, é competente , ainda bem que abriu os olhos, antes era opositor e agora veio pro lado do povo=parabens

Anônimo disse...

Precisava verificar a conta bancária deste vereador para ver se não apareceu por lá algo especial