RS cada vez mais perto da repactuação da dívida com a União

Com,o informou o editor ontem a noite, após mais de um mês de votação, a Câmara dos Deputados concluiu nesta quarta-feira a análise do projeto que cria um Regime de Recuperação Fiscal (RRF) para Estados em calamidade financeira. O texto-base da proposta tinha sido aprovado em 18 de abril, mas ainda faltava votação de destaques com sugestões de mudanças nesse texto.

A proposta poderá ser votada na semana que vem pelo Senado.


O RRF suspende por três anos o pagamento das dívidas dos Estados em calamidade financeira com a União (R$ 3 bilhões por ano no caso do RS). em troca de uma série de contrapartidas, consideradas duras e impopulares. Para entrar no regime especial, os governos estaduais terão, por exemplo, que reduzir incentivos fiscais, privatizar empresas estatais, congelar reajustes salariais para servidores e deixar de realizar concursos públicos. 

Os Estados mais interessados no regime são Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

5 comentários:

Unknown disse...

Oba... enfim os BandAids para tratar fratura exposta e as Aspirinas para curar câncer vão estar disponíveis para maquiar a atual gestão de governadores...
O rombo da não adequação de custos fica para os próximos governadores!!!
E segue o baile!!!

Anônimo disse...

Pois é. O Sartori vai suspender o pagamento, mas a dívida vai continuar aumentando devido aos juros. O Sartori vai privatizar as estatais (concordo que sejam privatizadas), mas e a grana arrecadada vai ir praonde?? Vai sair devendo mais do que quando entrou. Bomba no colo do próximo governador. O dinheiro só cai 1x na conta e ainda vai evaporar igual no governo do caBritto

alex silva disse...

Tu esqueceu de falar que o estado vai ter que retirar as acoes judiciais contra a União se quiser aderir ao plano. Porque nao colocasse esse item? És da mesma turma da rosane de oliveira, carolina bahia ou és comediante da turma do tiririca?

Anônimo disse...

VAMOS EMPURRAR A DÍVIDA PARA OS NOSSOS BISNETOS!

Anônimo disse...

O Pimentel continua Governador de Minas? Achei que estivesse preso? Só aqui no Brasil mesmo, depois de todas as acusações de roubo do dinheiro público ele não se demitiu e a Justiça brasileira nada fez.