Reinaldo Azevedo quer que STF diga se PGR ou PF, qual dos dois vazou grampo para prejudicá-lo

O jornalista Reinaldo Azevedo pediu que o Supremo Tribunal Federal mande apurar quem é o responsável pela divulgação da conversa dele com Andrea Neves, irmã do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), violando o sigilo da fonte do jornalista.

PGR e  Polícia Federal não se entendem sobre o vazamento.

A defesa de Reinaldo foi crítica: 

- Curioso assistir que ferrenhos defensores de uma interpretação absolutamente ampla da 'Teoria do Domínio do Fato Criminoso', pessoas que afirmam que são criminalmente responsáveis e os que têm 'controle das decisões mais relevantes', agora são os que se esquivam das suas responsabilidades como controladores de uma investigação de tamanha envergadura.

18 comentários:

Anônimo disse...

Já imaginaram se este fato tivesse acontecido num governo do PT?

Anônimo disse...

Não fui eu, não sei de nada e sou o mais honesto dos honestos, quem terá dito desta vez estas palavras, Lula, Fachin ou Janot, o piedoso com bilionários?

Anônimo disse...


Reinaldo quer saber quem vazou.

Seus leitores e ouvintes querem saber desde quando trabalhava para Aécio.

Anônimo disse...

Quanta hipocrisia.. quando o Moro divulgou os dialogos de TODA a família do LULA a coxinhada delirou...a Irmã do mineirinho TÁ cadeia porque já tinha preparado a fuga, o primo do mineirinho tá na cadeia porque serviu de mula para o Aecinho, o Reinaldo Azevedo tá na rua porque falou para a amiguinha que iria detonar o Janot, Cunha tá preso, mas governa esse país de dentro da cadeia, e o Michel Temer tá borrado de medo porque vai puxar uma cana.
Pimenta no dos outros é refresco. Se fossemos depender de Curitiba nada disso teria acontecido. Tanto isso é verdade que o juizeco já livrou a cara da mulher do Cunha.

Anônimo disse...

O jornalista Reinaldo Azevedo tem todo o direito de saber quem vazou sua conversa , violando o sigilo da fonte.!!!

Anônimo disse...

aquilo foi conversa de comadre falando mal do empregador...

tinha nada de conversa de fonte jornalística ali...

Anônimo disse...

Anônimo das 18:42. Poderia explicar melhor tua dúvida? Teus líderes saíram de lá, mas seus discípulos continuam lá. Qual é a tua dúvida? Não mudou nada.

Anônimo disse...

Afinal, alguém sabe qual era o percentual da propina que Aécio recebia da JBS para cara contrato que era assinado com o BNDES?

Anônimo disse...

Nem no MENSALÃO HOUVE este tipo de coisa, gravação!

Anônimo disse...

NÃO COSTUMO LER A ZH, assim manterei. Mas hoje a li. Fiquei perplexo com a ZH por comparar como sendo o mesmo o caso da gravação entre Dilma e Lula. ORA, Lula estava sendo investigado e Dilma tentou o proteger da Justiça. Áudio foi liberado por Dr. Moro pelo fato público apenas, não serviu de prova, não estão nos autos.

Reinaldo apenas estava cumprindo o dever de Jornalista, em conversa privada sem nada que levasse a qualquer tipo de crimes. Dita conversa está nos autos.

ZERO HORA é NOJENTA!

antoniogarcia ead disse...

Fonte é uma coisa....
Caneta a soldo conversando com a patroa, é outra...
Ou jornalista tem imunidade total...
Este venal estava conversando com a patroa ou cúmplice....
Mas parece que jornalista é mais um da casta dos intocáveis...
Antonio Garcia

Anônimo disse...

Esse já está com burro na sombra.

Anônimo disse...

Corretíssimo RA! Se não informarem quem, aciona judicialmente os dois, eles se viram. Parece que ultimamente a lei é obedecida somente quando se trata de figurões da esquerda, não a tramóia que prepararam também para o Temer. Provas forjadas e fabricadas, ligo prá cima da presidência!? Absurdo!!!

Anônimo disse...

sim fachin petralha deve explicaçoes

Anônimo disse...

Eu só não entendi ainda (ta todo mundo quietinho) o que jorrava dessa fonte em favor da verdade e do Brasil, segundo ouvi hoje na rede tv, ele vai pleitear indenização por danos morais, não deve ser pouca coisa, e o valor da indenização sera paga pelas vitimas do sistema, por nós, os palhaços contribuintes.

Anônimo disse...

Arruinaldo "Estado de Direito" Azevedo armou o mais lindo golpe autopublicitário da década, e muita gente boa está caindo na sua armadilha. Com emprego antecipadamente garantido na Rede TV, pediu demissão da Veja e da Joven Pan, fazendo-se de vítima de uma ofensa que ninguém lhe fez e de uma censura que ninguém lhe impôs. Aproveitou, é claro, para sujar mais um pouco a reputação do juiz Sérgio Moro, uma atividade que tem constituído a sua mais constante ocupação profissional nos últimos anos.
Atendendo a insistentes pedidos que me solicitavam um showzinho de nobreza -- como se nobreza fosse moeda de troca --, quase caí na esparrela de sair defendendo quem nada sofreu e só ganhou com essa história toda.
Sinto muito, amigos: quem vai na conversa do Arruinaldo é TROUXA.

Anônimo disse...

Nosso presidente Trump vai resolver tudo em Brasília e região

Anônimo disse...

Anônimo das 18:42 : " Já imaginaram se este fato tivesse acontecido num governo do PT? "

Já imaginamos sim. Sabe o que aconteceria? NADA.

Inclusive aconteceu, com o caseiro Francenildo, lembra? Pois é...

Tudo que acontece ou aconteceu de ruim no Brasil já aconteceu pior no

governo do PT.