Recomeçou a matança em massa de cidadãosgaúchos

Cinco cidadãos gaúchos foram abatidos a tiros nas últimas 24 horas, dois em Santo Antonio da Patrulha e três em Porto Alegre.

Há pelo menos cinco semanas esta quantidade de gente não era morta num período tão curto de tempo.

A matança em massa cessou depois do remanejamento de pessoal de Brigada e outras ações de contenção determinadas pelo secretário da Segurança, Cezar Schirmer.