PSDB destaca em ação declarações de João Santana de que Dilma sabia de caixa 2

Autor da ação que investiga no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) possível abuso de poder político e econômico da chapa Dilma-Temer em 2014, o PSDB, nas alegações finais, ressalta que os depoimentos prestados pelo marqueteiro João Santana e por sua mulher, Mônica Moura, acentuam as irregularidades cometidas pela petista e o partido nas últimas eleições presidenciais.

O marqueteiro atuou para a campanha presidencial do PT nos anos de 2006, 2010 e 2014.

O documento, de quatro páginas, foi apresentado ontem ao TSE e nele, assim como feito nas primeiras alegações finais do processo, o PSDB considera que o então candidato a vice-presidente, o peemedebista e hoje presidente, Michel Temer, não tem responsabilidade nos possíveis ilícitos cometidos por Dilma e o PT.

5 comentários:

Anônimo disse...

E qual a posição do PSDBosta sobre o traira, candidato a vice-presidente na chapa de Dilma?

Anônimo disse...

O candidato a vice-presidente, o peemedebista e hoje presidente, Michel Temer, não tem responsabilidade nos possíveis ilícitos cometidos por Dilma e o PT.

o temer VIROU SANTO, agora. Tá metido nas mesmas falcatruas, sendo vice o tinha PLENO CONHECIMENTO. Trouxa é quem acredita na inocência dele.

Anônimo disse...

Cadeia por estelionato eleitoral para o cachaceiro-jararaca e seu poste!

Anônimo disse...

Temer é um homem maduro e nem um pouco inocente. É profundo conhecedor das leis e professor de Constitucional nas melhores Universidades do país. Ele é tão culpado quanto a Dilma, mas foi mais inteligente. Isso é inegável. São idênticos, por isso formaram a chapa PT/PMDB.

ATENTO disse...

16:27 DEFECA PELA BOCA

CERTAMENTE TEMER É GENTE DIFERENTE, MUITO MELHOR QUE O 16;27 EM SUA DIARRÉIA VERBAL.

O DETRATOR EM QUESTÃO,16;27, PASSA ATESTADO DA SUA QUALIDADE E NIVEL PESSOAL PELOS VOCÁBULOS USADOS. SÓ OUVIU FALAR E JÁ SAI EXPONDO NA VITRINE SUA GRANDE INVEJA, E RECALQUE.

DIZEM QUE A BOCA FALO DAQUILO QUE O CORAÇÃO ESTÁ CHEIO...

SORRY...KKK