Porto Alegre começa Semana Cidade Limpa com projeto que endurece combate aos pichadores e vândalos

Nem hotel escapou dos porcalhões de Porto Alegre, mas o pichador despencou do alto e morreu.

A Prefeitura de Porto Alegre encaminha para Câmara Municipal nesta terça-feira, dia em que começa a Semana Cidade Limpa, o projeto de lei anti-vandalismo, com, ênfase para a ação de pichadores. De acordo com a proposta, a Guarda Municipal poderá atuar na fiscalização das infrações à legislação municipal, em especial ao Código de Posturas. Segundo a avaliação do comando da GM, o perfil dos pichadores é, em sua maioria, de jovens entre 20 e 30 anos, a maior parte de classe média. Nas 480 abordagens realizadas até abril, 317 vândalos evitaram revelar a escolaridade. 

Conforme o projeto, o valor das multas pagas por pichadores serão destinados ao Departamento Municipal de Limpeza Urbana. A multa pode chegar a R$ 11,7 mil, mas prevê que seja o dobro em caso de reincidência.

No trânsito, a situação também é grave. A EPTC gastou cerca de R$ 430 mil, em 2016, para reparar danos causados pelo vandalismo no trânsito. 

8 comentários:

Anônimo disse...

O pichador despencou do alto e morreu? Que peninha...

Nelson disse...

Agora vai começar o mimimi repressão, mimimi higienista, mimimi ______(preencha o espaço com a sua bobagem esquerdista preferida).

EU ACUSO! disse...

"Secretaria municipal de segurança", é meio bombástico, porque a Guarda Municipal, coitada, além de pobrinha, não tem poder de polícia, aliás, nem o Exercito tem... Essa Guarda, como o próprio nome já está dizendo, CONSTITUCIONALMENTE, serve para "guardar" os prédios municipais. Não pode nem andar armada pela rua, salvo se o cidadão guarda conseguir porte de arma na PF, porque o guarda como tal, não tem esse direito. É como o "azulzinho" da EPTC, que só pode chamar a Brigada, em caso de "aperto". Cada macaco no seu galho...
A vereadora Monica Leal já andou extrapolando com uma lei inconstitucional, FASCISTÓIDE, "proibindo" máscaras ninjas para os transeuntes.
Aliás, a Prefeitura deveria cuidar das áreas azuis, que estão abandonadas, sem fiscais, mas cheias de flanelinhas, levando o proprietário de carro a pagar dobrado.

Anônimo disse...

O que faltou para esta gentalha é serviço....trabalho...em 88 colocaram a bobagem de menor não poder trabalhar....deu nisto.
Anteriormente...nós ...nas ferias escolares...conseguiamos trabalho no natal em super mercados..etc...era comum ver escoteiros nos caixas do Super Real...trabalhando com empacotadores...imagina isso hoje???
Estamos colhendo o que plantamos.
Deveriam puxar uma cana de uma semana na primeira atuação...e ir progredindo para um mes...tres meses e assim por diante.

Anônimo disse...

Não vão faltar os patifes, os "politicamente corretos", os grafiteiros (pichadores travestidos) para criticarem as medidas moralizadoras e defenderem os porcalhões que sujam a cidade.

Anônimo disse...

100% desses porcos sujos são comunistas, socialistas, petistas ou esquerdistas. O certo é 10 anos de cadeia.

visionst3 disse...

estudem como surgiu a pichaçao, foi uma invençao de comunistas da europa de leste , no tempo da cortina de ferro

Anônimo disse...

Pelas imagens...os bagaceiras estavam pichando o Expedicionario à luz do dia...os transeuntes passavam sem se importar com a atividade...Ninguem levantou a voz contra essa gentalha...aliás...nem se importaram...
Experimenta pichar um monumento nos USA...na alemanha...A luz do dia...