PF indicia Lula, Caoa e Mitsubishi por venda de MP do Refis no âmbito da Operação Zelotes.

A Polícia Federal indiciou ontem o ex-presidente Lula, suspeito de corrupção passiva em novo inquérito da Operação Zelotes, na parte da investigação que trata da suposta compra de medidas provisórias. A investigação conclui também pelo indiciamento de mais 12 pessoas, entre elas os ex-ministros Gilberto Carvalho e Erenice Guerra e os empresários Carlos Alberto Andrade, da empresa Caoa, e Paulo Ferraz, ex-presidente da Mitsubishi. Todos os indiciados negam as acusações.

A investigação é sobre a edição da MP 471, a chamada MP do Refis, que estendeu a vigência de incentivo fiscal às montadoras e fabricantes de veículos instalados nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. O incentivo seria extinto em março de 2010 , mas foi prorrogado até 31 de dezembro de 2015.

Um comentário:

Anônimo disse...

Quem vai policiar as fronteiras do Brasil, que estão escancaradas?