Perdas de R$ 42,4 bilhões da Lei Kandir são irreversíveis

O governo gaúcho sabe que não conseguirá recuperar os R$ 42,4 bilhões que diz ter perdido com a não aplicação do que deveria ter sido regulamentado pela Lei Kandir.

Mas vai insistir com a ação judicial que protocolou no STF.

7 comentários:

Anônimo disse...

Irreversível para canalhas como o sr, que torce pela desgraça do nosso estado. Jumento.

Anônimo disse...

O Sancho Pança vai ajudar???!!! É que nem a estória da previdência superavitária... Vamos lá, vamos atrás do $ da VARIG, e de dezenas de outras empresas quebradas,,,

Anônimo disse...

O Polenta tem que baixar a cabeça e assinar o papel que o Temer pediu, né?
Bom mesmo é renegociar tudo a La Brito né, editor?
Lembra quando o senhor falava que o Brito havia acabado com dívida do RS?

Leonardo disse...

Não se exporta imposto.Essa conversa de devolução de ICMS em exportação é conversa fiada e sonho(NÃO VAI ACONTECER).

Anônimo disse...


O Sartori e o Temer estão se lixando para o RS.

Se o RS não recebe nada de impostos sobre as exportações, que são muitas mesmo, principalmente alimentos agícolas, os produtores gaúchos deviam parar de exportar, e vender seus produtos para o mercado interno, gerando impostos para o RS. Poderiam criar uma balança comercial entre os estados. O Brasil é imenso, tem vários climas, vários polos geradores de emprego, que ajuda na diversificação da produção.

Anônimo disse...


É claro que Henrique Meirelles não vai pagar para o RS as dívidas pela lei Kandir. Mas se os políticos gaúchos fossem machos como falam, peitavam o fascista Ministro da Fazenda, como fez o governo de Minas Gerais. Os gaúchos comemoram a Guerra dos Farrapos, guerra que perderam!!!!

Unknown disse...

******C*A*L*O*T*E******