Opinião do editor - Impostos menores nos EUA dificultarão venda de produtos do Brasil.

O reflexo será trágico aqui no Brasil. Na prática será impossível competir com eles em uma gama gigantesca de produtos brasileiros exportados para o EUA. Mesmo considerando a flutuação cambial do dólar favorável para exportação. 

Um exemplo é a cerveja, impostos embutidos aqui no Brasil sobre a cerveja somam 180%, nos USA 3,2% agora, com a redução nos impostos a alíquota de impostos para cerveja produzida pelos americanos será de 1,5%.  

Os impostos americanos serão em média 100 vezes menores que os brasileiros! 


Em breve teremos no Brasil uma enxurrada de produtos Made in USA que mesmo importados custarão 1/5 dos produzidos aqui no paraíso dos impostos.

18 comentários:

Anônimo disse...

Dá-lhe Trump !!

Anônimo disse...

BRASIL PARAÍSO DOS IMPOSTOS, AQUI TEM....

-APOSENTADORIA DOS BARNABÉ COM ULTIMO SALARIO RECEBENDO NA MÉDIA 7 VEZES MAIS QUE OS DA INICIATIVA PRIVADA..INSS
-PENDURICALHOS E BOQUINHAS NOS 03 PODERES, UM ESCÂNDALO...
-15000 MIL SERVIDORES NO CONGRESSO
-O CONGRESSO MAIS CARO DO MUNDO
-JUSTIÇA DO TRABALHO , QUE VAI CUSTAR R$ 17 BI EM 2017
-CARTEIRA DE TRABALHO
-14000 MIL SINDICATOS DE TRABALHADORES
-3000 MIL SINDICATOS PATRONAIS
-OS JUROS MAIS ALTOS DO MUNDO
-A MAQUINA PUBLICA MAIS CARA DO MUNDO

POR TUDO ISSO, ESTAMOS LITERALMENTE FERRADOS....


Anônimo disse...

O editor criticando Trump? Logo o editor e seus asseclas que são apaixonados por faXistas de carteirinha?

Anônimo disse...

Prezado Políbio, apenas um complemento: produtos mais baratos e com qualidade superior. O Brasil é tão trágico, mas tão trágico, que até mesmo na desgraça econômica o consumidor sai ganhando, sai produtos made in Xing-Ling entra produtos made in USA (e não adianta o governo criar barreiras sobre importação que eles virão ainda mais baratos via Paraguay (graças a lei irrevogável da gravidade e da oferta e procura).

JOSE OLIVEIRA disse...

POR ISTO QUE SÃO A MAIOR ECONOMIA DO MUNDO , PARABENS PELA INTELIGÊNCIA DOS GOVERNANTES, POR AQUI SÓ PENSAM EM AUMENTAR OS IMPOSTOS , QUE IGNORÃNCIA .

Mordaz disse...

Que diga-se, já está sendo patrolado por produtos chineses.

Anônimo disse...

É, mas aqui nada será feito pra melhorar a situação é se tornar competitivo, mesmo que em outros mercados. Fazer nada é muito, os empresários irão reclamar e, em vez de menos impostos, pedirão ao governo proteção de seus mercados disfuncionais. Disfunções justamente causados pelo governo.

Anônimo disse...

Como diria Júlio César; Siga o Líder...

Anônimo disse...

É que nos EUA o setor público não é um parasita gigante grudado na pátria. Aí dá para se desenvolver tranquilamente.

Anônimo disse...

E aqui no Brasil não tem imposto que chega, para sustentar a vagabundagem e ineficiência dos Governos, municipais, estaduais e federal.
Em termos de competitividade somos a lata do lixo do mundo.
um Pais de preguiçosos, oportunistas.

Anônimo disse...

Apenas pra lembrar: Trump é presidente dos Estados Unidos da América. Sua obrigação é fazer o melhor para eles. Trump está se revelando um ótimo presidente americano (os brasileiros que resolvam seus problemas; aliás, não era isso que sempre quiseram?).

Anônimo disse...

O articulista esta equivocado no tocante de os produtos americanos entrarem mais baratos no Brasil. Na importação os produtos sofrem incidência do imposto de importação e dos demais tributos federal e estaduais. Isso eleva os preços aos patamares dos praticados no Brasil.

Anônimo disse...

GO TRUMP!!!!!!!!

FICA CADA DIA MAIS DIFÍCIL BRASÍLIA EXPLICAR SEUS GASTOS..........

Anônimo disse...

Estes pilantras que derrubaram a Dilma não iriam diminuir os impostos, ou foi só balela?

Anônimo disse...

O País "paradiso" dos impostos, poderia , ao menos, retirar ou diminuir o imposto dos medicamentos .!!!

Anônimo disse...

Não dá para comparar o sistema tributário dos EUA com o brasileiro. Lá os ricos pagam impostos aqui não pagam quase nada, mas são os que mais reclamam. Os americanos pagam muitos mais tributos na renda recebida e nas propriedades(PROPERTY TAX). De modo geral, no plano federal, os tributos incidem sobre renda e não sobre os produtos. Os tributos que estão incluídos nos preços são notadamente ``estaduais``(conhecidos como SALES TAX). Cada ``estado`` cobra diferentes valores de SALES TAX(ou ``ICMS``). Os impostos indiretos no Brasil são altíssimos(vejam o ICMS). Aqui os ricos riem dos pobres e da classe média empregada que pagam imposto de renda pessoa física. Sócios de empresas são totalmente isentos de qualquer imposto de renda pessoa física via distribuição de Juros Sobre Capital Próprio. Ou seja, se quisermos seguir o Trump, está na hora de tributar os mais ricos(via altíssimos impostos diretos) e isentar os pobres e a classe média(via impostos indiretos baixos) e assim teremos produtos mais baratos também, pois os valores não estarão inclusos nos preços. Sem isso, não adianta reclamar dos tributos indiretos baixos nos EUA.
Benício

Anônimo disse...

O que irá acontecer:

Leis serão compradas para sobretaxar a cerveja importada até inviabilizar e continuaremos tomando Ambev a preço de cerveja.

Anônimo disse...

Espero que falte dinheiro para pagar a festa...ai quero ver os 3 poderes sem grana para pagar seus salarios...