Opinião do editor - Reinaldo Azevedo foi vítima de vazamentos indevidos feitos por Rodrigo Janot, chefe da PGR.

ABI considera que a PGR violou o sigilo da fonte.

A conversa entre o jornalista Reinaldo Azevedo e a irmã de Aécio Neves, grampeada a mando de Rodrigo Janot, PGR, sem nenhuma ilegalidade e absolutamente nada relacionada com o objeto da investigação, continha críticas do jornalista à revista Veja, onde Azevedo trabalhava. O que levou ao pedido de demissão do jornalista.

Não existe dúvida alguma que o vazamento foi feito pelo pessoal de Rodrigo Janot para constranger o jornalista, que vinha pedindo o impeachment do Procurador Geral da República.