Opinião do editor - Queimar ônibus é ato de terror elevado sobre a população

Identificar, prender e imobilizar as quadrilhas de bandidos que resolveram elevar o grau de terror que já impõem sobre a população de Porto Alegre, agora com incêndio de ônibus, é o que se espera como reação imediata das autoridades estaduais da área da segurança pública.
O governo já conseguiu melhorar a percepção de segurança e reduzir os índices de criminalidade, pelo menos desde que aumentou os efetivos nas ruas e concedeu-lhes condições de circulação, o que ajuda a também explicar os incêndios de ônibus (leia a seguir).
A este tipo de ação, vale a reação do braço forte da lei e da ordem.

6 comentários:

Anônimo disse...

Cadê?

Unknown disse...

Bingo!!!

Anônimo disse...

Nem vou comentar,só deixar esta notícia que vale por mil palavras:
03/07/2016
Chinês é condenado à morte por incendiar ônibus
Dezoito pessoas morreram e 33 ficaram feridas no incidente em janeiro.
Ma Yongping ateou fogo no veículo após uma disputa pessoal no trabalho.

Na China:Aqui é Brasil!!!!

Fernando Bender disse...

concordo!

Mordaz disse...

Só mostra que os políticos e a Constituição de 88 escancarou o país para todos tipos de crime. A constituição elevou o crime ao nível de organização política.

Roberto disse...

Infelizmente, aquilo que acontece no Rio de Janeiro, cuja população de lá já está habituada, começa a repercutir por aqui. Também nos habituaremos com esta situação? Acredito que sim!