O que está em jogo no TSE é sobretudo a ilegalidade da eleição de Dilma

As declarações do novo ministro da Justiça, Torquato Jardim, de que o governo Temer não teme o julgamento da chapa Dilma-Temer, dia 6, porque se não vencer no voto, algum ministro pedirá vistas, adiando a decisão, levou Gilmar Mendes, presidente do TSE, a uma nova temporada de desabafos grandiloquentes.

Desta vez, o falastrão ministro do STF e presidente do TSE, atacou o governo, justamente ele, que é tido como maior aliado dos governistas.

A crise política colocou em segundo plano o real objeto da impugnação feita pelo PSDB e que vai a julgamento, que foi a fraude eleitoral conduzida por Dilma e pelo PT para vencer Aécio Neves. Dilma foi cassada por improbidade pelo Congresso, manteve os direitos políticos, mas se se for condenada pelo TSE, perderá estes direitos por oito anos e irá para a história como a única pessoa que se elegeu presidente e teve a candidatura cassada por usar dinheiro sujo e abusado da confiança popular.

Temer, seu vice, éfoi apenas um apêndice da chapa, porque mandou apenas perifericamente na campanha.

6 comentários:

Mordaz disse...

Impugnação da chapa é da chapa. Temer só foi eleito vice porque se beneficiou das maracutaias. Temer não seria eleito nem se fosse o cabeça da chapa.

Anônimo disse...

E A BANDILMA GANHOU NO ROUBO DO SOFTWARE DA SMARTMATIC VENEZUELANA COM O ENDOSSO DO TOFFOLLI NA VIRADA MAIS SENSACIONAL DOS ÚLTIMOS 50 ANOS: EM 30 MINUTOS, EM UMA SALA DO TSE, A SORTE DE AÉCIO FOI SELADA!

Anônimo disse...

Agora se foi o boi com a corda

Anônimo disse...

E a eleição do ex-senador, ex-presidente nacional do PSDB e ex-candidato a Presidente "derrotado" em 2014, pelo que se viu na delação da JBS, com "provas cabais e irrefutáveis" foi legal? Foi esse elemento que intentou a ação junto a TSE, ou seja, mais sujo que pau de galinheiro, que até ontem continuava "achacando" a JBS, tanto que foi afastado do Senado, sua irmã e seu primo estão presos.

Eles, Rede Globo, trairia, aécio, PSDB, PPS, PSB, PSD, PP, PRB, SD,, Parte do PMF e do Juduciário, coxinhas, vem pra rua, MBL, vagabundos em geral, pensavam que com a ação no TSE irial caçar somente a Dilma, mas foram atropeleados pelos fatos e vai sobrar para o traira, ou seja, não vão conseguir nem cassar os direitos politicos da Dilma porque além do Senado o próprio STF já decidiu a matéria.

Anônimo disse...

Perguntar não ofende: Se a Chapa for cassada, a Dilma perde os beneficios que o Levandowisk ao rasgar a Constituição lhe concedeu?

Anônimo disse...

Respondendo ao anonimo das 13:18, os direitos politicos da Dilma não foram cassados pelo "senado" e não pelo Ministro Levandowiski, que apenas Presidiu a comissão do Senado e sequer votou. Alguns partidos entraram com Recurso no STF e a decisão do Senado foi mantida.

Ou seja, Dilma não está mais na Presidência que tem a perder é o próprio traíra e que ajudou a botar o elemento lá, ou seja, a Rede Globo, o PSDB, PP, PSD, PRB, PSB, PTB, SD, PR, parte do PDT, vem pras ruas, MBL, vagabundos em geral. Se fod. todos golpistas.