No dia 10 não haverá duelo algum, porque Lula sentará no banco dos réus diante do seu julgador, Sérgio Moro

Não haverá embate algum, mas apenas o interrogatório do réu Lula da Silva por parte do seu julgador, Sérgio Moro.

A capa da revista Veja desta semana insinua que no dia 10 ocorrerá um duelo entre dois mascarados, o azul Moro, e o vermelho, Lula.

Nada mais falso.

Não haverá duelo, mas o interrogatório de um réu, Lula, que terá que responder às inquirições dos procuradores da Lava Jato, dos seus próprios advogados de defesa, como também do julgador, Sérgio Moro, se este quiser perguntar alguma coisa.

Lula é réu e por isto não fará confronto algum com seu julgador.

A ação sobre a qual o réu petista terá que falar é sobre o triplex do Guarujá. Lula responde a outros quatro processos, mas em Curitiba ele é julgado por dois deles.

24 comentários:

Anônimo disse...

É réu e com muita prova para enjaular esse chefe da quadrilha 9 dedos!

Anônimo disse...

Essa capa é fruto da esquerdização da Veja, colocando em pé de igualdade um pé de chinelo psicopata com um juiz federal.

Anônimo disse...

A Veja eswta cada vez mais parecendo a Carta Capital. Cancelei minha assinatura.

Anônimo disse...

este reu 5x se acha melhor d que os outros, safado , ladrao, ---- já o renato duque que era braço direio do molusco o maior operador do pt tambem o entregou contando detalhes da roubalheira, duque foi colocado gerente da petrobras no desgoverno lula e foi até o desgoverno dilma foi indicado pelo paloffffffi como contou e o molusco sabia e era o chefe disse que todos do pt sabiam sim do esquema de corrupçao, tambem contou que o molusco disse que dilma tb sabia....= cadeia neles e joguem as chaves fora

Unknown disse...

Não Veja!!!
Capa indecente!!!
Uma ofensa à nação!!!
Um escárnio às autoridades e instituições envolvidas!!!

Anônimo disse...

A Veja se superou com essa idiotice estampada em sua capa. Duelo? Que duelo? Políbio tem inteira razão em simplificar as coisas: trata-se tão-somente de um réu (acusado e denunciado por vários crimes) que irá ser INTERROGADO (não se trata de depoimento mas de INTERROGATÓRIO). E Lula, que anda falando pelos cotovelos mas que está morrendo de medo, irá se sentar na frente do Magistrado e responder (ou não responder) as perguntas que lhe forem feitas. Simples assim. A Veja transformou-se numa filial (muito ruim) da famigerada Carta Capital...

Anônimo disse...

- SÓ UM EDITOR FILHA DA PUTA PODERIA COMETER A INSANIDADE DE COLOCAR O MAIOR LADRÃO QUE ESTE PAÍS JÁ VIU EM PÉ DE IGUALDADE COM O DR. MORO, COMO SE ISSO TUDO FOSSE UM EMBATE ENTRE ADVERSÁRIOS POLÍTICOS!!! APAREÇA, FDP DA VEJA, QUE APROVOU ESSA CAPA ABSURDA!!! VOCÊ, SEU BOSTA, É PIOR QUE O LADRÃO JARARACA, CHEFE DA ORCRIM!! SEU SERVIÇAL DE CORRUPTOS!!! VAGABUNDO DE MERDA!!!!!

Unknown disse...

Lastimável!!!
Indecente!!!
Veja virou tabloide vulgar r tendencioso!!!

Anônimo disse...

A Veja esquerdista, que já perdeu seus melhores jornalistas, tentando criar clima de guerra. O Brasil quer esse bandido na cadeia!

Anônimo disse...

Veja e folha"vergonha" de são paulo, são extremamente nocivas !
É nosso dever ignora-las.

Anônimo disse...

Vergonha essa revista que pensei pro lado vermelho (negro) da força. Será que está sendo patrocinada com o dinheiro roubado do petrolão?? Se igualou a Carta Capital e a depender dos assinantes logo fechará as portas.

Anônimo disse...

É o Estado Brasileiro, atraves do juiz constitucional, interrogando o contraventor Luiz Inacio.

Joguem fora a Veja disse...

Veja é de uma maucaratice atroz.

Anônimo disse...

DUELO ENTRE UM JUIZ E UM RÉU EU NUNCA VI, NEM NO " PAÍS DE ALICE , O DAS MARAVILHAS " .!!!

Anônimo disse...

A Veja se perdeu... Não há duelo algum pois não são iguais. Um representa a Justiça o molusco é um réu, por enquanto ( apesar da tonelada de provas de acordo com a Revista Época...

Anônimo disse...

VEJA ERROU: A LUTA NÃO É ENTRE LULA E MORO. brasil 247. Em sua capa deste fim de semana, a revista Veja trata o encontro entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o juiz Sergio Moro, como uma espécie de "luta do século" entre Muhammad Ali e George Foreman; a realidade, porém, é outra e os adversários de Lula são muito maiores; o ex-presidente enfrenta, de uma só vez, a Globo, maior monopólio de comunicação do planeta, o golpe de Michel Temer, rejeitado por 92% dos brasileiros, e os interesses das multinacionais do petróleo, que financiaram o golpe parlamentar de 2016 para tomar o pré-sal da Petrobras; nesse embate, Moro é uma peça importante, mas não é quem comanda o show; Lula, por sua vez, representa 30% do povo brasileiro, segundo o último Datafolha, e deve levar 30 mil pessoas a Curitiba (...)

Anônimo disse...

Já enviei no e-mail da editora abril, da veja, o que penso sobre esta capa VERGONHOSA. Não é luta de MMA, não! É o BRASIL CONSTITUCIONAL contra um chefe mafioso do banditismo do país. Veremos se eles publicarão. GENTE PODRE. Perderão assinantes. Eu serei um deles.

Anônimo disse...

Quanta ignorância jornalística! Estes caras da revista esquerdonóia da veja estudaram jornalismo? Serão jornalistas ou merdas que clicam computadores? Onde há luta de MMA? São uns bostas que cada dia mais perdem leitores. depois se queixam....

Anônimo disse...

CARLOS D'INCAO: MORO E GLOBO PARTIRAM PARA A GUERRA ABERTA CONTRA LULA:
"O último depoimento de Renato Duque ao juiz Sérgio Moro foi uma verdadeira declaração aberta de guerra contra Lula e o PT. Não se trata mais de investigação, leis, direito penal, processos... Nada disso estava em pauta. Renato Duque - condenado a mais de 50 anos de prisão - simplesmente combinou com a Lava-Jato falar mal de Lula em processos onde o ex-presidente nem sequer é investigado ou é parte...", diz Carlos D'Incao, professor de História; "O ideal – para os golpistas – seria reunir material suficiente para prender Lula ainda no dia 10. Mas isso parece inviável... Resta agora apenas o ataque frontal, aberto e desavergonhado lançados cotidianamente pela dupla Lava-Jato/Rede Globo"...

Anônimo disse...

A confissão da parcialidade, nas capas das revistas: FERNANDO BRITO. 06/05/2017.A melhor sacada deste sábado é, sem dúvida, do veterano e competente jornalista Mario Marona, que olha, pensa e vê o que a mídia diz, mesmo quando não assume que diz.

As capas da Veja e da Istoé que começaram a circular hoje, sábado, têm um raro momento em que mostram a verdade.

E a verdade, observa Marona, é que “a imprensa brasileira nunca foi tão verdadeira ao confessar que, aqui, trata-se de um confronto entre o juiz, que deveria ser imparcial, e o acusado, que deveria ter direito a um julgamento honesto”.

Está claro agora porque Moro adiou por uma semana o depoimento de Lula. Neste intervalo, providenciou uma procissão de “convertidos”, que nunca acusaram Lula nos seus inúmeros depoimentos e, agora, foram colocados contra parede: ou diziam o que se queria para tornar o depoimento de Lula o clímax roteirizado do filme que produzem ou iriam seguir mofando na cadeia.

Temos um juiz que dirige o processo para um final que está desenhado desde o seu início.
A “investigação” e o julgamento “justo” não passam de uma pantomima.
“Em qualquer lugar civilizado do mundo”, observa Marona, o juiz avalia o resultado de “um duelo entre promotoria e defesa”.

Não em Curitiba.

As duas revistas confessam, em suas capas que quem duela com Lula é o próprio juiz.

E, portanto, trata-se de uma luta onde não há quem, de fato, seja o juiz, não parte.
Uma democracia jamais pode aceitar isso. E como não existe processo fora da realidade, este processo, sempre suspeito, revela sua mácula, sua nódoa irremovível.

A Justiça brasileira, ou ao menos o que resta de senso jurídico no lamaçal que ela se tornou, deveria sanear este processo em que Sérgio Moro, por deter o controle de todos os casos e em que os promotorers tem o direito de negociar às escuras todas as “delações”, formando o quadro que desejam, desde o início, com suas convicções.

E sanear deveria ser retirar Moro do caso, por óbvia suspeição.

Claro que não o fará e, com isso, assumir, como instituição, a parcialidade que nele não se esconde.

E, com isso, tornará verdadeira a frase com que Marona fecha seu raciocínio: “Veja e Isto É revelam que já foi cravado o último prego no caixão em que está sendo enterrada a justiça brasileira.”

Faltou apenas dizer que as suas garras levam junto com ela qualquer possibilidade de sermos um país onde o Direito seja a fórmula de composição dos conflitos humanos.

Com todos os seus “data vênia”, o Judiciário sacramenta a selvageria e o vale-tudo como a forma de vivermos neste país,

Anônimo disse...

- SEU FDP DA VEJA, ESCUTE AQUI, SEU MERDA!!! LULA VAI TER QUE SENTAR VÁRIAS VEZES EM FRENTE AO JUIZ MORO, COMO RÉU, OUVIU SEU BOSTA, RÉU EM VÁRIOS PROCESSOS, CERCA DE 10 PROCESSOS!!! ENTÃO, SEUS BOSTAS DA REVISTA VEJA, LAMBE-BOTAS DO LADRÃO DO PT: LULA VAI CANSAR DE VIR AQUI EM CURITIBA SENTAR NA CADEIRA DE RELES RÉU!!! NA VERDADE, SEUS PULHAS DA VEJA, É PROVÁVEL QUE LULA NEM PRECISARÁ GASTAR NADA PARA VIR AQUI, POIS O AVIÃO DA PF VAI LEVÁ-LO DIRETO PARA A PENITENCIÁRIA CENTRAL DO ESTADO DO PARANÁ, E ELE, O JARARACA LADRÃO DO PT, VAI DE CAMBURÃO AO PRÉDIO DA JUSTIÇA FEDERAL, SENTAR MAIS DE 10 VEZES NA CADEIRA DE RÉU, DE RÉU, OUVIRAM SEUS MERDAS DA REVISTA VEJA!!!!!!!!!!!

elias disse...

18?35

Só vagabundo.

Anônimo disse...

Essa semana vi publicado na imprensa, que o Juiz Sergio Moro, teria pedido para os "à favor" da Lava Jato, não irem para a Curitiba no dia 10. Achei bastante estranho esse "pedido", se é que é verdadeiro. Pois, interpreto, como um receio de que pudesse os apoiadores de Lula serem em maior número, e, aí "correu na frente..."

Anônimo disse...

Nada mais que um juiz interrogando um réu! O réu, nesse caso, é o maior corruPTo, embusteiro, mentiroso, PilanTra e velhaco dos brasileiros!