MP pede de novo e juiz afasta mais uma vez o presidente da Cesa

O Ministério Público insistiu e a 2ª Vara da Fazenda do Foro Central de Porto Alegre concedeu nova liminar determinando o afastamento do presidente da Companhia Estadual de Silos e Armazéns (Cesa), Carlos Kercher. 

O MP alega que Kercher  não pode ocupar cargo público por não ser ficha limpa – está inelegível até 2022, após condenação por captação ilícita de votos e abuso de poder econômico na eleição de Tupandi, em 2012.

Nenhum comentário: