Marchezan veta aumento do teto municipal para R$ 30,4 mil mensais

O prefeito Nelson Marchezan vetou ontem o aumento do teto salarial dos servidores municipais aprovado no dia 11 pela Câmara Municipal.O limite havia passado de R$ 19,4 mil para R$ 30,4 mil. 

O aumento do teto foi incluído como emenda em um projeto da prefeitura que estipula gratificação aos servidores públicos de quaisquer poderes que exercem a função de secretário municipal: eles terão 70% do subsídio de secretário acrescido às remunerações dos órgãos de origem.

O veto será apreciado pela Câmara.