João Santana e Mônica Moura já estão ao vivo na Globonews. Dilma e Lula são açoitados selvagemente pela dupla.

CLIQUE AQUI para examinar os vídeos. O trabalho édo portal G1, Rede Globo. Osvídeos são de excelente qualidade e abrigam revelações surpreendentes, capazes deliquidar com a sobrevivência política de Dilma, Lula e PT.

Ao lado, fac simile com registro em cartório, do e-mail no qual Dilma obstrui a Justiça, avisando que o casal seria preso pela PF.

Depois das delações feitas por João Santana e Mônica Moura e divulgados na forma de texto pelo STF, chegou a vez, esta tarde, da liberação dos videos das delações.

Eles começaram a ser disponibilizados, um a um, pela Globonews,que prometeu passar a tarde toda divulgando tudo.

O impacto causado pelas falas dos dois marqueteiros das campanhas de Lula e de Dilma é devastador para os dois ex-presidentes, mas a também para os outros políticos do PT atingidos pelas revelações, como são os casos dos senadores Lindbergh Farias e Gleisei Hoffmann.

13 comentários:

Anônimo disse...

Todos mancomunados contra o Lulladrao e a Indesejada. Vao culpar o Moro, uzamericano, a globo, os coxinhas mas jamais vao assumir o que sao, ladroes venais.

Anônimo disse...

Pragmatismo. 23/FEB/2016. Por que escândalos de corrupção envolvendo tucanos não avançam na Justiça?

Gil Alessi, ElPaís
Nos últimos anos, em um processo que começou com o mensalão e avança agora com a operação Lava Jato, o brasileiro se acostumou com algo até então considerado improvável: ver políticos no banco dos réus. Ex-ministros, senadores, tesoureiros e líderes partidários foram condenados a penas de prisão em regime fechado. A lei parecia finalmente se voltar para os crimes de colarinho branco cometidos por aqueles que integram o establishment político. Se por um lado processos contra o PT e partidos de sua base aliada avançam em ritmo acelerado, o mesmo não se pode dizer dos dois grandes escândalos de gestões do PSDB. Inquéritos estacionados há anos (...)

Cartel de trens e metrô
O outro escândalo tucano é ainda mais antigo que a lista de Furnas. Batizado de trensalão, trata-se de um esquema de pagamentos de propina e formação de cartel para disputar licitações do Metrô e da CPTM no Estado de São Paulo. Os primeiros indícios de corrupção do caso surgiram em 1997, durante o Governo do tucano Mário Covas, morto em 2001. À época a Polícia Federal indiciou 10 pessoas ligadas à gestão do governador. Dez anos depois, supostas propinas pagas pela empresa Alstom começam a ser investigadas em vários países, e em 2008 um funcionário da Siemens detalha o esquema de propinas em projetos do Metrô e da CPTM de São Paulo e do Metrô do Distrito Federal. Posteriormente, a Siemens decidiu procurar o Conselho Administrativo de Defesa Econômica para delatar a existência do cartel. Mais de uma dezena de processos do caso tramitam na Justiça (...)

Mensalão tucano
A figura mais emblemática da suposta impunidade tucana é o ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo (PSDB). Ele foi condenado em dezembro de 2015 a 20 anos e dez meses de prisão em regime fechado por peculato e lavagem de dinheiro no caso conhecido como mensalão tucano, ocorrido há 17 anos. Os crimes, supostamente ocorridos em 1998, foram denunciados pela Procuradoria-Geral da República apenas em 2007. No ano passado, após a PGR pedir pena de 22 anos para o então deputado federal, ele renunciou ao mandato. Com isso, ele perdeu o foro privilegiado mas ganhou tempo, pois o julgamento do seu caso voltou para a Justiça comum, em primeira instância. Entre o Supremo Tribunal Federal – que o julgaria se mantivesse o foro – enviar o processo de volta à Vara correspondente e a juíza Melissa Pinheiro Costa Lage emitir sua decisão nesta quarta, se passaram 21 meses. Como a decisão foi de primeira instância, ele poderá aguardar a tramitação de seus recursos em liberdade, e existe a expectativa de que os crimes atribuídos a ele tenham prescrito antes de acabarem os recursos. Neste caso, Azeredo não chegará a cumprir pena alguma.(...)

PS: E mais recentemente delações da Lava Jato contra a alta plumagem do PSDB, como fhc, aécio, serra, aluisio ferreira nunes e alkmin.

Anônimo disse...

O BLOG DENTRO DO BLOG

Parece que alguém resolveu "se hospedar" no blog do Políbio, ao invés de tentar criar o seu!

"CTRL + X" e "CTRL + V" funcionando a mil...

Anônimo disse...

APENAS LULA SABIA DE TODO O ESQUEMA (CLARO, ELE QUE ARQUITETOU E IMPLEMENTOU TUDO SOZINHO!!!!!!)

TODOS OS DEMAIS ATORES POLÍTICOS FORAM USADOS E ENGANADOS POR LULA!

Apenas Lula sabia de todas essas falcatruas. Ele era o líder da quadrilha, !Ninguém mais sabia que isso tudo estava acontecendo. Os demais sequer suspeitavam que isso tudo estava acontecendo.

Vamos aos exemplos:

- Roubalheira nos estádios da Copa do Mundo de 2014
Somente Lula sabia que estava ocorrendo super faturamento em todos as obras dos estádios. Os prefeitos das cidades foram enganados, não imaginavam que a Odebrecht e a OAS estavam fazendo toda uma roubalheira e desvio dos recursos públicos! Esse Lula é esperto mesmo!

- Roubalheira e falcatruas nas obras das Olimpíadas no RJ
Mais uma vez a culpa é do Lula! Ele se aproveitou da boa fé do governador do RJ, que tinha apenas as melhores das intenções, e também da bondade do Prefeito do RJ e da Câmara dos Vereadores e da Assembléia Legislativa, dos Deputados Federais e Senadores. Todos ficaram estupefatos com as investigações da Lava Jato e a roubalheira que foi revelada pelas investigações. Lula enganou a todos e quebrou as finanças do RJ!

-Roubalheira na Petrobrás
Somente Lula sabia dessas roubalheiras. Aliás ele que arquitetou tudo nessa estatal. Os governadores e deputados federais foram pegos de surpresa quando viram as investigações da Lava Jato denunciando a roubalheira que aconteceu nas refinarias e subsidiárias da Petrobrás nos estados.

Classe política horrorizada pergunta: "Mas ainda não prenderam esse bandido?"

Anônimo disse...

Ué, mas ouvimos tantas vezes neste blog que o Políbio acreditava na honestidade da Dilma. Repetiu isso muitas e muitas vezes, tanto que afastou leitores mais sérios deste blog. E agora? Dilma não é mais honesta? Com toda a biografia dela, totalmente pública, desde os tempos de guerrilheira, roubo de cargas, assalto a bancos,cofre do Adhemar roubo de cargas, Foro de São Paulo, etc, e apesar de tudo isso, o Polibio diz acreditar que Dilma é honesta? Isto não é insultar a inteligência do leitor??? Ou é um caso extremo de ingenuidade??? "Eu acredito que Dilma é honesta, vocês não?" disse Políbio nos vídeos. Se o maior roubo da história do Brasil e talvez do mundo foi feito por gente honesta, então não existe desonesto em toda a história da humanidade. Este é o corolário da afirmação da honestidade da Dilma, feita por Políbio. Isto afasta leitores sérios do blog. Isto é desinformação.

Anônimo disse...

MÔNICA MOURA , ESPOSA DE JOÃO SANTANA, CONTOU QUE DIVIDIU COM MÔNICA MONTEIRO , ESPOSA DE FRANKIN MARTINS , EX-MINISTRO DE LULA, OS US$ 11 MILHÕES QUE RECEBEU , EM DINHEIRO VIVO, DA CAMPANHA PRESIDENCIAL DE HUGO CHAVEZ, NA VENEZUELA , DINHEIRO DE CAIXA 2 . MÔNICA MONTEIRO E FRANKLIN MARTINS VIVEM EM LISBOA , À RUA DAS JANELAS VERDES, ENDEREÇO NOBRE DA CAPITAL LUSITANA .!

Anônimo disse...

E o poste declarou que "estão faltando com a verdade", "foram induzidos pelo MPF", "fabricam falso testemunho" e outras asneiras! kkkkkkkkkkkkk
A cadeia de Curitiba está pronta para o mandiocão!

Outra coisa, a Mônica Moura e o Celso Nakamura realmente fizeram um arranjo para deixar a cara daquela terrorista estúpida apresentável. Para a propaganda eleitoral.

Já que ela vai para o xilindró, bom, nem botox, nem cirurgião plástico do nível do falecido Pitanguy dão jeito na carranca. Vendo as reportagens de 4ª feira, em Curitiba, o aspecto dela está assustador. Terninho daquela costureira de P. Alegre é de doer nos olhos.

Ah, se o falecido Ruy Spohr visse essa coisa, trataria de criar um modelo ultra-classudo. Mas como é uma corruPTa, não valeria a pena aquele talentoso costureiro perder tempo.

Anônimo disse...

Email foi periciado?

Anônimo disse...

Sob tortura, casal Santana aceita mentir à Lava Jato. Miguel do Rosário. 12/05/2017.

Não tenho muitas esperanças na “opinião pública” brasileira. Ela está exposta demais ao massacre diário de distorções, para poder se defender e se posicionar de maneira serena e desapaixonada sobre os fatos.

Mas o tempo da política é dinâmico. As paixões irão se arrefecer, e as mentiras de hoje, marteladas como verdades irrefutáveis pelos donos do poder, e defendidas com uma violência simbólica da qual é muito difícil escapar, serão todas desmascaradas em seu devido tempo, ou então perderão a maior parte de sua força.

A “delação” de João Santana e Mônica Moura é mais um capítulo da Inquisição brasileira, conforme denunciou um dos maiores juristas do mundo, Luigi Ferrajoli* (prezados advogados do Lula, leiam nota ao final do post). O conjunto de informações, que alguns dizer ser “demolidor” para Dilma ou Lula, pode ser divididos em três partes: uma delas são fofocas, uma outra são mentiras, uma terceira são cretinices.

Comecemos pelas cretinices: a questão epistemológica do “eu sabia”. Esse é o tipo de acusação típica do fanatismo de burocratas que não apenas desconhecem a dinâmica das campanhas políticas, como parecem odiar a política. O mais honesto secretário de segurança de um estado também “sabe” que há corrupção policial, e se ele for diligente, fará de tudo para combatê-la, mas isso não significa que ele seja corrupto (...)

Caixa 2 é um problema, além disso, vinculado a falhas intrínsecas à legislação eleitoral. O professor Wanderley Guilherme dos Santos explica isso em seu último livro. O TSE autoriza a coligação de campanha, permite que partidos cedam seu tempo de tv para outros (...)

De qualquer forma, é uma acusação, além de cretina, idiota, porque emprenhada de subjetivismo.

A segunda parte das delações são fofocas ou a transformação de coisas insignificantes em atos criminosos. A questão de comunicação, por exemplo. A Lava Jato cria toda uma atmosfera de terrorismo, vazando conversas íntimas de qualquer um, fazendo com que todos se sintam inseguros acerca da comunicação de fatos sensíveis, e depois criminaliza a pessoa que tenta se comunicar sem ser espionada?

Ora, uma campanha eleitoral é cheia de segredos! As estratégias de campanha são obviamente ultrassigilosas! É óbvio que o candidato e seus marketeiros adotarão cuidados para se comunicar sem ser espionados por seus adversários! (..)

A terceira parte das delações são mentiras. João Santana era o marketeiro mais requisitado da América Latina. Taí outro crime da Lava Jato. Ela criminaliza o talento. Deixando o moralismo de lado, já que o moralismo não tem nada a ver com o capitalismo internacional, a riqueza das nações depende do talento de seus empresários, que pagam marketeiros políticos para ajudarem nas campanhas eleitorais de outros países. É o que os EUA sempre fizeram, no mundo inteiro.(...)

Quando foi preso, ou antes mesmo, João Santana e esposa explicaram que as contas no exterior que possuíam, eram para receber pagamentos de campanhas eleitorais que faziam em outros países. Era o lógico. Santana recebeu, em caixa 1, com as devidas notas fiscais, mais de R$ 60 milhões da campanha de Dilma Rousseff. A troco de que iria arriscar um negócio desse vulto com caixa 2?

E aí entra o método da Lava Jato. Seus procuradores, com anuência judicial, torturaram o casal Santana com ameaças de prisão perpétua, aplicaram-lhes a maior fiança quiçá já cobrada na história do Brasil a um cidadão, de mais de R$ 30 milhões , que correspondia, aparentemente, quase totalidade do dinheiro que o casal havia acumulado, em 30 anos de trabalho, e deixaram bem claro: prisão perpétua, aos moldes da aplicada em Marcos Valério, em Dirceu, etc, ou “confessar” exatamente o que os procuradores queriam ouvir, a saber, entrar no jogo sujo do golpe, e acusar Dilma, Lula e o PT.

Diogo Zaddor disse...

Prometo que irei consolar a gleisi na prisão! Tadinha!

Anônimo disse...

Não seria oportuna a aplicação de uma PP em LULA e DILMA ???

Anônimo disse...

Dessa vez, eles provam suas alegações não com a falta de provas, em virtude do Lula mandar destruir provas, dessa vez as escavações revelaram fios de cobre. Fios de cobre encontrados em escavações só pode significar que na antiguidade já tinha telégrafo elétrico. As provas são irrefutáveis: uma senha de wi-fi e um arquivo não do powerpoint mas do word.

Por falar em senha de wi-fi, um garoto foi a um velório. Lá chegando pergunta para alguém próximo da família enlutada qual é a senha do wi-fi. Esta lhe diz: "Respeite o Morto". O Garoto pergunta-lhe: Respeite o morto com maiúscula ou com minúscula.

Anônimo disse...

“Email” vazado por Monica Moura é ridicularizado nas redes. Miguel do Rosário - o cafézinho.

É pra rir ou pra chorar?

Email vazio, de conta vazia, sem destinatário, sem data, com texto anódino…

Isso é prova de quê?

PS: Se a Rede Globo o editor e os coxinhas dizem que é prova, logo é prova Miguel.

Ver imagem no Twitter
Ver imagem no Twitter
Seguir
Estadão ✔ @Estadao
Monica Moura entrega imagem registrada em cartório de e-mail que diz ter usado com Dilma http://bit.ly/2pGcbTm
15: 37 - 12 May 2017
335 335 Retweets 488 488 favoritos
Sobre Últimos Posts
Miguel do Rosário
Miguel Do Rosário
Editor em Cafezinho
Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.
« EX-ASSESSOR DE DILMA DIVULGA 1º CAPÍTULO DE LIVRO SOBRE O IMPEACHMENT LULA DESAFIA GLOBO: POR QUE NÃO ME ENTREVISTAM? »
Deixe