Inflação dos aluguéis, IGP-M, despencou 0,93% em maio. Índice de 12 meses caiu para apenas 1,57%.

Esse comportamento favorável dos preços no atacado indica baixa pressão para a inflação ao consumidor nos próximos meses.

O IGP-M caiu 0,93% em maio, de acordo com os dados divulgados há pouco pela FGV, abaixo da projeção da mediana das expectativas dos analistas do mercado (-0,84%). Para tanto, os preços dos produtos agropecuários passaram de uma queda de 4,30% em abril para outra de 1,84% em maio. Já o IPA industrial recuou 1,45% neste mês (ante variação negativa de 0,85% na leitura anterior), refletindo principalmente a queda de 18,2% do preço do minério de ferro. O IPC também apresentou desaceleração, passando de uma alta de 0,33% para outra de 0,29%. Por fim, o INCC reverteu a queda de 0,08% em abril, ao subir 0,13% em maio. 

Com esse resultado, a variação acumulada em doze meses do IGP-M passou de 3,37% para 1,57%. 

Um comentário:

Anônimo disse...

Mais uma boa notícia para o governo Temer e para os brasileiros.