Gravações fulminariam Temer e Aécio

Joesley Batista, dono da JBS Friboi, fazia delação premiada na PGR e ninguém sabia. Ele foi instruído por Rodrigo Janot para grampear Temer, Aécio e mais políticos ainda sem identidades conhecidas, mas um deles é Lula. A PF orioentou Joesley. Os grampos foram autorizados pelo relator da Lava Jato no STF, Luiz Edson Fachin.

Caso existam de verdade as gravações de Joesley Batista, dono da JBS Friboi (leia notas a seguir) significam o fim da linha para Michel Temer e Aécio Neves.

O caso de Temer é mais grave, porque tudo seria obstrução claríssima ao trabalho da Justiça, um, crime gravíssimo já cometido várias vezes também por Lula e Dilma.