Gefco investe pesado para ajustar plataformas de logística de Rio Grande e Guaíba, RS

Outra oportunidade de elevar os negócios é o atendimento à Foton: em 2015, a Gefco anunciou investimento de R$ 33 milhões em uma nova plataforma logística na cidade de Guaíba, na região da capital gaúcha e que está em fase de obtenção de licenças. As obras iniciarão até o fim deste ano. O empreendimento terá conexão direta com a fábrica de caminhões que a Foton está erguendo no local, mas que ainda não está concluída, aguardando licenças adicionais para continuar com a obra.

A Gefco está ajustando sua operação no RS, tudo para agilizar as movimentações entre Brasil e Argentina, principal fluxo de seus negócios na região, a partir da nova plataforma logística na região do Porto de Rio Grande. O local fica geograficamente no meio do eixo São Paulo-Buenos Aires.

Os serviços no Porto de Rio Grande são estratégicos para atuação no Mercosul, onde há casos em que o veículo entra pela Região Sul, vai para São Paulo para homologação/nacionalização e depois volta para o Sul, onde é distribuído para venda.

Além da movimentação de veículos entre Brasil e Argentina, que é o mais representativo para a Gefco, o fluxo de operações da empresa estende-se para a Europa e Ásia, estes concentrados em peças e componentes.

Com 70% dos negócios dedicados ao setor automotivo, as operações da Gefco no Brasil estão concentradas nas regiões Sul e Sudeste. A empresa, que já pertenceu ao Grupo PSA, atende exclusivamente a montadora em todo mundo, inclusive no Brasil, além de prestar serviços logísticos para as principais fabricantes da América Latina, como BMW, FCA, Ford, General Motors, MAN Latin America, Nissan, Renault, Troller, Volkswagen e Volvo.

Um comentário:

Anônimo disse...

Para este tipo de empresa, que praticamente opera sem causar danos ao ambiente, seria necessário agilizar ao máximo as licenças ambientais. Com a palavra a Sra. Ana Pellini e sua equipe.