Fiergs quer manter a separação entre a crise política e a retomada da economia

A Fiergs tirou finalmente a melhor análise do dia sobre a crise política:

- É necessário e urgente separar a nova crise política da economia. As questões políticas podem e devem ser resolvidas dentro dos seus limites. Agora que a economia brasileira começa a dar sinais de recuperação, todos perderiam se a crise política viesse a agravar a crise econômica, que ainda está longe de ser superada.

É isto.

Os fundamentos atuais da economia brasileira garantem a retomada do crescimento, mas é preciso impedir que a crise política contamine as percepções dos agentes econômicos e dos consumidores.

4 comentários:

Anônimo disse...

Alguns ainda não entenderam que a economia brasileira só vai deslanchar com a limpeza da política.
Difícil entender ?

Anônimo disse...

OK!

É PRECISO COMBINAR ISSO COM OS RUSSOS!!!

É preciso convencer a Bolsa de Valores e as casas de câmbio!

Anônimo disse...

Concordo!!!

Anônimo disse...

Fumaram unzinho antes de liberar esta nota ignorante e risível?