Fachin desautoriza Janot e manda PF parar ações ilegais contra Temer.

O ministro Edson Fachin reagiu ontem mesmo à petição protocolada pela defesa de Temer e desautorizou Rodrigo Janot, PGR, que pediu à Polícia Federal agir em relação ao presidente até que a perícia sobre o grampo feito por Joesley Batista for concluída, o que levará 30 dias.

Mais cedo o advogado Antonio Mariz informou ao Supremo que uma escrivã da PF entrou em contato com a banca de advogados nesta manhã para saber quando o presidente poderia depor.

Na prática, a decisão impede a Polícia Federal (PF) de tomar imediatamente o depoimento do presidente até que o ministro decida sobre a oitiva.

Mariz de Oliveira também quer que o depoimento de Temer seja tomado na presença de Fachin.

3 comentários:

Anônimo disse...

Em junho o TSE vai cassar a chapa Dilma/Temer e por tabela será obrigado cassar o PT e o PMDB, vamos ficar livre destes dois partidos que só deram prejuízo ao Brasil.

Anônimo disse...

A maior fonte de desestabilização do pais são as nomeações de militantes partidários nas instituições do poder judiciario.Sempre achei uma loucura o que o Senado sempre fez nos ultimos doze anos.. permitir a ocupação do PJ por militantes.. taí o resultado...O PGR escondendo bandidos de muitos bilhões e perseguindo implacavelmente corruptos de milhares ou poucos milhões, só que da oposição...Essas instituições vão ter que ser reformadas ou no congresso ou a força pelas FFAA.Só juiristas isentos tem o equilibrio necessário para estas funções...Janotão e o STF são as fontes primarias da crise. Faquinha e Janot são militantes.. não tem a isenção necessária para trabalhar no PJ....

Anônimo disse...

Mas ele mandou ou não mandou abrir Inquérito para investigar o TEMER?
Aí abre o Inquérito e não faz mais nada?
Pode isto Arnaldo?
Se mandou abrir Inquérito ele precisa deixar a PF trabalhar e fazer a investigação.
Afinal é só a gravação que existe, ou existem outras provas como diz o Janota?