É fake o vídeo atribuído à esposa de Aécio. Na fala, saem ataques ao povo brasileiro: "Vocês vão continuar na merda"

O editor vem recebendo vídeos falsos com imagem e áudio de declarações atribuídas à esposa de Aécio Neves contra o povo brasileiro, um dia após a publicação de uma gravação feita pelo dono da JBS Joesley Batista que revela um pedido de R$ 2 milhões do senador.

É falso.

CLIQUE AQUI para ver e ouvir.

A mulher que aparece no vídeo não é Letícia Weber, mulher de Aécio Neves, e sim a jornalista Deborah Albuquerque Chlaem. A mensagem também está fora de contexto. A mensagem foi publicada em 2014, após a eleição da ex-presidente Dilma Rousseff, e não agora.

No vídeo, a jornalista diz que está se preparando para viajar a Orlando. "Eu sou rica, bem sucedida e muito bem de vida e tentei ajudar vocês miseráveis, imbecis, burros", afirma.

"O vídeo foi feito após a vitória de Dilma, há três anos. Tinha sumido isso e agora voltou. Tentamos remover, mas acabou viralizando", diz o marido de Deborah.

A assessoria do senador Aécio Neves esclarece que o vídeo não é da mulher dele. "De jeito algum. Soube agora que o vídeo é velho e que voltou a circular", afirma um dos assessores do político.

9 comentários:

Anônimo disse...

kkkk....a cacarecada agora tem bandido de estimação...kkkk

Alberto disse...

Chegou o quase fundo do poço tupiniquim. Mas ainda tem mais...E os milicos, com as suas guaiacas cheias, assitindo de camarote!

Unknown disse...

Pra vc ver quanta articulação e má intenção existe por trás desta história.
Esta gente é bandida.

Anônimo disse...

Quem será que está se prestando a esse trabalho criminoso de confundir a opinião pública ???

Anônimo disse...

É de uma apelação sem limites, o brasileiro deve merecer tudo o que está acontecendo.

Anônimo disse...

ELA ESTAVA COBERTA DE RAZÃO.
A ELEIÇÃO DE DILMA FODEU O POVO E ELE FICOU NA MERDA MESMO.

Anônimo disse...

Tem razão o editor. Faz tempo que essa talzinha postou isso aí no Yutube. A esposa do aécio é educada, não faria uma baixaria dessas.

claudio valeriano oliveira medeiros disse...

Só um energúmeno para acreditar que a mulher de Aécio poderia, num momento destes, e mesmo em outros, dizer tamanhas estultices e ofensas a qualquer pessoa, muito menos ao povo brasileiro. Neste momento delicado, pesando sobre Aécio fortíssimas acusações, não é crível que ela fizesse uma baixaria como a repórter faz no vídeo. Não estou defendendo Aécio, porém, acusar injustamente esta senhora, isso sim é crime e desumano. Esta situação toda esta muito cinematográfica, conveniente para ganhar ibope e vender matéria nas mídias. Tudo tem que ser muito bem esclarecido. "Nem tudo que reluz é ouro, nem tudo que brilha é prata".

Anônimo disse...



Tem que ser muito burro e bagaceiro pra acreditar num vídeo desses!!