E aí OAB, como ficamos quando advogados entram na dança da JBS ?

A lupa da OAB parece ser muito seletiva no caso JBS.

A OAB vai submeter ao Conselho de Ética os cem escritórios de advogacia que entregaram notas frias para a JBS ou vai ficar apenas nos ataques aos seus adversários, começando pelo presidente Michel Temer ?

Também falta uma palavra da OAB sobre o caso do procurador da República Marcelo Muller, que saiu diretamente da condição de braço direito de Rodrigo Janot, que comanda as delações da JBS, para a banca Trench Rossi e Watanabe. Nela, como advogado, ajuda a pilotar os acordos de leniência da JBS com o MPF e o Departamento de Justiça dos EUA.

Muller não cumpriu quarentena alguma.

E Trench Rossi e Watanabe, não parecem prestar muita atenção às melhores regras de
compliance existentes para empresas no Brasil.

Rodrigo Janot, tentou ser esperto ao tirar nota para dizer que Muller não é advogado dos Joesley nos casos das delações premiadas, mas apenas no caso do acordo de leniência em formatação com a JBS, empresa controlada pelos delatores e que possuem a última palavra em qualquer situação.

CLIQUE AQUI para ler as Regras de Compliance para escritórios de advocacia.
CLIQUE AQUI para examinar matéria que trata de quarentena de magistrados.

10 comentários:

Anônimo disse...

A pergunta é: como explicar aos acadêmicos que ao se formarem contribuirão para uma Ordem que não os defende? que tb parece viver num conchavo meramente Politico e Arrecadador? independente de mortadelas ou coxinhas... kkkkkkkk

Unknown disse...

COM A PALAVRA A OAB... ENTIDADE DE "ADEVOGADOS" CORPORATIVISTAS QUE NÃO ENXERGAM O PRÓPRIO RABO!!!

Anônimo disse...

MALANDRAGEM dos integrantes da maior CORPORAÇÃO PROFISSIONAL DO BRASIL, únicos detentores de prerrogativa em cláusula constitucional de 1988, corroboram com a ARMAÇÃO, tudo por MAIS DINHEIRO PÚBLICO.

Unknown disse...

OAB só pensa em duas coisas: poder e dinheiro!!!

Anônimo disse...

O editor aceitar submeter o juiz de primeiro grau moro ao CNJ-Conselho Nacional de Justiça por participar de eventos politicos do PSDB, e sentar ao lado do ex-senador aécio neves e "cochichar" no ouvido do bandido? Obvio que não, o juiz não sabia do envolvimento do aécio com o crime.

Pela teoria do editor se eu (editor) acho que é bandido não tem direito a defesa, advogado, portanto não precisa nem de julgamento vai preso direito e joga a chave fora.

PEDRO disse...

LADRÃO DEFENDE LADRÃO , SÓ ESCAPA ALGUNS..............

Anônimo disse...

Pelo jeito,nasceu outra "briga de bugius".(Ou bugio)
Sem pretender subestimar a inteligência de ninguém,mas para quem não sabe,explico:
Seguinte:
Na briga de bugius,cada combatente põe a mão na bunda,enche-a de bosta,e atira na cara do outro.
Isso recíprocamente,até que termina o "estoque"de matéria prima usada co combate,e resulta num vencedor.
Esse tipo de "combate"estamos assistindo todo dia nos noticiários.
Lamentável.

Anônimo disse...

A OAB foi com muita sede ao pote. Esqueceram que calma e canja de galinha não fazem mal
a ninguém .!!!

Anônimo disse...

Nelson Jobim e seus pares de universidade tem a honestidade, a decência democrática e a honradez que representam a vontade da OAB. Por quem os sinos dobram........?

Anônimo disse...

Como foi que a OAB caiu nessa mediocridade a ponto de apoiar o comunismo e o fim do estado de direto?