Dois gaúchos foram pombos-correio de Dilma

Giles Azevedo e Anderson Dornelles funcionaram como pombos-correio de Dilma para alertar o casal Santana sobre o andamento da Lava Jato.

8 comentários:

Anônimo disse...

Ainda estão fora da cadeia... Vamos lá PF !!!

Gaudêncio (Bagé) disse...

Misoginia explicaria a atração para ser pombos correio do Dilmão?

Anônimo disse...

GILES AZEVEDO E ANDERSON DORNELES DEVEM SER UM ORGULHO PARA AS SUAS MÃES .!!!

Anônimo disse...

A Cristiano Lobo é fogo. Acaba de trocar a data de nascimento da Dilma para não dizer que 2606 é a data da morte do soldado Kosel,26 de junho.
Dá para acreditar nessa gente?

Anônimo disse...

É preciso informar a Cristiano Lobo que a data de nascimento da Dilma é 14 de dezembro e a da morte do soldado Kosel é 26 de junho, 2606.
É muita desonestidade.

Anônimo disse...

ESTES 2 SAFADOS SAO ALIADOS DA BANDILMA, ESTE GIM É BEM CHEGADO, FOI ELE Q FOI PRESO ESTES TEMPOS EM BRASILIA... NOJENTOS, ESTA MULHER SÓ ANDAVA E ANDA COM BANDIDOS NAO ESCAPA UM , CLARO ANDA POIS É BANDIDA TAMBEM E JA DEVERIA ESTAR NA JAULA- PORKA SAFADA

Anônimo disse...

O ano era1968. Indevidamente, DILMA tomou o nome da Sra Iolanda , esposa do Presidente Costa e Silva, em 1968.
É obvio que 2606 foi inspirado no atentado ao II Exercito, em São Paulo, em que morreu o soldado Mário Kosel, de 19 anos , e ficaram feridos mais seis militares . !!!

Anônimo disse...

O ano era1968. Indevidamente, DILMA tomou o nome da Sra Iolanda , esposa do Presidente Costa e Silva, em 1968.
É obvio que 2606 foi inspirado no atentado ao II Exercito, em São Paulo, no dia 26.06.1968, em que morreu o soldado Mário Kosel, de 19 anos , e ficaram feridos mais seis militares . !!!