Dinheiro sujo pagava até cafetinagem de Marta Suplicy

CLIQUE AQUI para ouvir e ver a delação integral 
do casal João Santana e Mônica Moura.

O ex-marido da senadora Marta Suplicy, que na época era do PT, Luís Favre, recebia sem trabalhar um salário mensal de R$ 20 mil na Polis. Segundo delação de João Santana, o "emprego" foi dado após um pedido de Marta porque Favre não podia nem mesmo "comprar uma bicicleta".Tanto Santana como sua mulher, a empresária Mônica Moura, afirmam que Marta sabia que os recursos para pagar o salário de seu marido na época vinham de caixa 2. A contratação ocorreu em 2008 e foi acertada logo nos primeiros encontros entre Marta e Santana para tratar da campanha à reeleição de Marta para a prefeitura de São Paulo. Na época ela estava no PT.

Era uma espécie de cafetinagem de luxo que a petistas pagava com dinheiro público.

"A gente aceitava para agradar. Não tinha nenhuma utilidade. Ela (Marta) disse que eu não me preocupasse com o custo, que seria compensado com verba extra-oficial", afirmou o marqueteiro em sua delação premiada. De acordo com Santana, Favre não prestou nenhum tipo de serviço para a Polis e permaneceu na empresa mesmo depois de encerrada a campanha. O delator afirma que, questionada sobre isso, Marta teria dito: "Não se preocupe. Pelo currículo internacional dele, pode dizer que ele dá consultoria para suas empresas no Exterior".

18 comentários:

Anônimo disse...

A MARQUETEIRA MONCA DISSE QUE O EX MARIDO DA MARTA SUPLICY GANHAVA TODO MES SALARIO SEM TRABALHAR, ISTO QUANDO MARTA AINDA ESTAVA NO PT NANICO

Anônimo disse...

Marta tem certa predileção por chupins inúteis.
Mas deveria pagá-los do próprio bolso.

Anônimo disse...

É O PRIMEIRO CASO QUE TENHO CONHECIMENTO DE AMANTE ARGENTINO BANCADO COM DINHEIRO DE PROPINA.
MARTA BEM QUE PODERIA BANCAR SEUS AMANTES COM O SEU PRÓPRIO DINHEIRO , JÁ QUE É MILIONARIA .!!!

Anônimo disse...

É O Famoso puteiro, onde a conta das orgias é rateada para todos os pagadores de impostos....

Anônimo disse...

Saíu do PT justamente porque Dilma cortou as "regalias" da "sexologa", digo, senadora. Tanto que a dita cuja saiu atirando e se bandeou para o PMDB, onde as "regalias" seriam mantidas.

Anônimo disse...

MARTINA , A CAFETINA DA PROPINA .!!!

Anônimo disse...

Pelo figurino destes canalhas ...parecem mais membros da côrte de Luís XV ...e não membros do proletariado...que eles tanto fazem questão de parecer...Bem que poderíamos institucionalizar aqui a Guilhotina...a lâmina teria que ser afiada diversas vezes pelo excesso de uso.

Anônimo disse...

O nome verdadeiro do Favre é Felipe Belisario Wermus e ele nunca trabalhou. Era agitador profissional na Argentina. Tipo Dirceu, Carvalho, Boutros, Lindbergh et caterva.

Anônimo disse...

Mais uma putaria de luxo mantida pelos milhões de burros votantes!
A foto que ilustra a matéria, Polibio, parece de personagens do realismo fantástico do gabriel garcia marquez (em minúsculas, pois apesar de excelente escritor, sempre foi amigo del pecho de los hermanitos castro).
Profª Sonia

Anônimo disse...

Pois é, para os petralhas, o dinheiro da propina, que na verdade é de todo o povo, podia ser esbanjado a tripa forra, até com cafetinagem, naqual a marta é especializada. Da mesma forma Lulladrão e seus comparsas jogaram dinheiro do povo para cima r agora jogam na mão dos rábulas, seus defensores. Vão ter muito tempo para se lembrar dessa farra, quando estiver curtindo um longo xilindró, quem a sabe o resto de suas vidas - aí é que vão ver o que é bom ser desonesto e ladrão.

Anônimo disse...

Será que a máfia política será um dia erradicada no Brasil? Canalhas refinados.

Anônimo disse...

O PT fez mais vítimas que a SEGUNDA GUERRA MUNDIAL, foram 14 MILHÕES de vítimas .!!!

Anônimo disse...

Quem trabalha neste partido?

Façanha, o advogado do povo disse...

Política é jogo de interesses, não é coisa para as carmelitas descalças. Acordem babacas santinhos do pau oco.

Anônimo disse...

acabou , o BR e' uma piada atraz da outra, até um comedor pra essa véia os petralhas arrumaram

Anônimo disse...

Como dizia Elis Regina cantando ".....gente fina é outra coisa...."

Anônimo disse...



Políbio, acho que te enganastes nesta foto. Esse registro ai deve ser do Luis XV nos bons tempo de Louvre e brioches..!

Anônimo disse...

Mas nunca confiei na conversa dessa senhora....