Deputado gaúcho Ronaldo Nogueira poderá ser demitido do ministério do Trabalho

O deputado gaúcho Ronaldo Nogueiras, PTB, ministro do Trabalho do governo Michel Temer, poderá ser demitido do cargo.

Ele é criticado pela base aliada por se opor a pontos específicos da reforma trabalhista, como é o caso da extinção do imposto sindical. Ronaldo Nogueira chegou a expedir uma instrução normativa que instituiu a cobrança do imposto também para servidores públicos. Temer mandou revogar tudo.

5 comentários:

Anônimo disse...

Ney Lopes, Diário do Poder - "Tudo não passou de conversa para "inglês ver".
Não houve proposta de extinção total, mas sim parcial.
O maior prejuízo financeiro será, apenas, para as entidades dos trabalhadores, cujo funcionamento depende basicamente do imposto sindical, preservados os sindicatos, federações e confederações empresariais do Brasil."
Alguém pode explicar isso?

Anônimo disse...

O ministro Nardes não precisa mais da vaga.. O irmão dele já assumiu como titular com a saída do Busato

Anônimo disse...

Nunca vi prestação de contas desses sindicatos e demais gigolôs de trabalhadores. Vamos abrir essa caixa-preta.

Anônimo disse...

Esses bezerros mamadores tem que tirar da teta e amarrar o focinho para deixar de mamar...

Anônimo disse...

Uma nulidade que envergonha as tradições políticas do Rio Grande..fisiológico e inexpressivo. Já vai tarde...