Corrosão das expectativas reduz índice de confiança do comércio

Em contraste com os índices de confiança dos demais setores referentes ao mês corrente, a Sondagem do Comércio divulgada hoje pela FGV apontou recuo entre abril em maio. O índice de confiança do comércio atingiu 88,6 pontos, o equivalente a uma queda de 0,5 ponto ante abril. O resultado reverte apenas parcialmente a forte alta registrada no mês anterior, quando o indicador havia avançado 3,5 pontos em relação a março. O movimento foi decorrente da queda do indicador de expectativas, que passou de 95,8 para 94,8 pontos, ao passo que o indicador de situação atual ficou estável em 82,9 pontos. 

Um comentário:

Mordaz disse...

Meio ponto é estabilidade.