BRDE quer emprestar R$ 5 bilhões na área audiovisual até 2021

No Seminário de Desenvolvimento Regional do Audiovisual - Brasil de Todos os Sotaques, nesta quinta-feira  no Rio de Janeiro, o diretor de Planejamento do BRDE, Luiz Corrêa Noronha, anunciou a secretários e dirigentes de cultura de todas as regiões do Brasil que o BRDE, na condição de agente financeiro do Fundo Setorial do Audiovisual – FSA, terádisponível mais R$ 5 bilhões para o setor audiovisual brasileiro, nos próximos cinco anos, conforme contrato firmado com o BNDES e a Agência Nacional de Cinema - Ancine.

O que disse o diretor do banco:

- Os dados de crescimento e de evolução positiva do FSA são muito impressionantes. Em 2013, primeiro ano de atuação do BRDE junto ao Fundo, foram viabilizados 66 contratos, no valor total de R$ 68,2 milhões. Em 2016, o número de contratos saltou para 580 e o valor repassado chegou a R$ 343,8 milhões. Os recursos do FSA já alcançaram 26 estados brasileiros, além de 161 projetos na linha de apoio aos Arranjos Regionais, no valor total de R$ 43 milhões, distribuídos em 15 diferentes unidades da federação.

O BRDE é agente financeiro do FSA para todo o Brasil e tem financiado produções até mesmo de filmes brasileiros de grande sucesso.

6 comentários:

Anônimo disse...

Deveriam investir essa grana em produção, e não em malandragem pra cineasta que só sabe mamar na teta pública

visionst3 disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Fecha esse lixo.

Dinheiro do pagador de impostos a perder de vista.......

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.