Artigo, José Nêumanne, Estadão - Rouba, mas esquece !

Ingênuo é quem pensar que a Operação Lava Jato já revelou tudo quanto havia (e há) de podre na política nacional e que nada o surpreenderá mais. O que aconteceu na semana passada mostra que a caixinha de Pandora ainda pode revelar coisas que antigamente se chamavam do arco da velha. Por exemplo: a confirmação pelo Partido Republicano da Ordem Social (PROS) do conteúdo da delação premiada de Alexandrino Alencar, ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht, dando conta de que a empreiteira comprou o tempo do horário eleitoral de cinco partidecos, entre os quais o dito-cujo.

É um caso de arrepiar os cabelos até de quem está por dentro das engrenagens podres da política no Brasil.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

5 comentários:

Mordaz disse...

Evidente que a lava-jato é uma pontinha do iceberg. É só calcular o montante de doadores para ter uma ideia do tamanho da safadeza.

Anônimo disse...


Nota 100 para Políbio Braga:
#Rouba mas esquece!

Anônimo disse...


Rouba mas esquece!! Kkkkkkkk!

Sensacional o título deste "post" do Políbio. Genial e com humor!

#Roubamasesquece

Unknown disse...

O dinheiro manda... o poder é só um facilitador para obtê-lo!!!

Anônimo disse...

Enquanto isso, que não é noticiado pelo editor chapa branca, ELIANE PEDE PARA PSDB EXPULSAR DEPUTADO QUE PROPÕE VOLTA DA ESCRAVIDÃO: "Quando o PSDB vai expulsar o deputado Nilson Leitão (MT), que propõe reinstituir o trabalho escravo no Brasil?", questiona a jornalista Eliane Cantanhêde, que é simpática às teses do PSDB; Leitão defende que trabalhadores rurais possam ser pagos não em dinheiro, mas com comida e moradia, como nas antigas senzalas....