Apple fecha fábrica de iPads de Jundiaí

A Apple encerrou a produção do iPad no Brasil. A unidade da Foxconn inaugurada em 2011 em Jundiaí (SP) fabricou várias versões. 

A redução drástica do consumo, resultado da recessão, provocou o fechamento da fábrica e a demissão dos trabalhadores.

8 comentários:

Anônimo disse...

Não só a recessão, mas todos oa produtos da maçã são superfaturados aqui na mundiça. Só comunista pode tê-los.

jair zcco disse...

Pode ter certeza que mínimo tinham que passar 5℅ dos lucro ao governo. País de políticos lixos

Anônimo disse...

Na realidade foi a participação da Apple no mercado que caiu drasticamente, porque todo mundo já se deu conta que os preços são altos demais.

Anônimo disse...

Muito mais facil e barato trazer do primeiro mundo. Assim nao pagamos impostos que viram bolsas familia e salarios de barnabes.

Anônimo disse...

O Brasil é muito caro, muito imposto para sustentar um governo pesado, lento, incompetente e corrupto.
Sem distinção de partidos são todos "amiguinhos"
O governo deveria ser processado por desvio de função.

kittler disse...

Tem uma ideia que pode ser revista: "telefones (e nesse caso ipad se aplica também) apenas são caros porque o brasileiro paga. Se ninguém comprasse pagando 4.000 no device o preço seria menor".
Por algum motivo nesse caso ninguem comprou o ipad mais caro do mundo.
Então pararam de fabricar e fim.

Anônimo disse...

O pessoal acha que é por causa dos impostos. Claro que não. Até porque havia muitos incentivos para a Foxconn no Brasil. Os preços eram para cair, mas não foi isso o que aconteceu, a APPLE e a Foxconn embolsaram os lucros. A APPLE cobra o que quer em cada país. Paga quem quer. Tem mais a haver com demanda. Se alguém paga R$ 4.000,00 por um Iphone porque cobrariam R$ 2.000,00. Além disso, é impossível concorrer com a China, pois os salários lá são miseráveis e a mão de obra farta.

Anônimo disse...

No governo temerário do traíra tudo é possível.