Vendas de bens de capital avançaram 31,5% em março

A receita líquida total dos fabricantes de bens de capital mecânicos do País totalizou R$ 6,4 bilhões em março último, num crescimento de 31,5% em relação a fevereiro mas na comparação com março de 2016 houve queda de 3,4%.
         
O balanço foi divulgado hoje pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) durante coletiva de imprensa em São Paulo, transmitida online para as regionais da entidade.
          
No primeiro trimestre deste ano, as vendas foram de R$ 15,5 bilhões, numa queda de 7,4% na comparação com igual período de 2016. A média mensal de vendas em 2017 é o pior resultado da série histórica iniciada em 1999.
         
No mercado interno, após uma redução de cerca de 62% em relação a 2012, o trimestre registrou crescimento de 2,5%.
       
No primeiro trimestre, mesmo com o crescimento do consumo desses bens em relação ao mês imediatamente anterior os investimentos do País acumularam retração de 19,0%.
          
Na avaliação da entidade, estes dados indicam ser prematuro anunciar uma retomada dos investimentos, ainda que na ponta observe-se um crescimento razoável.

Nenhum comentário: