Tribunal de Contas marcará data para julgar Escândalo do Badesul

As investigações sobre os desmandos ocorridos no Badesul durante o governo Tarso Genro (leia a seguir) e que quase quebraram o banco, não se resumem à sindicância já concluída pela PGE e que custou a cabeça do vice-presidente Pery Sperotto e de José Bairros, presidente do Conselho Fiscal.

Também Banco Central, MPF do RS, MPE e Tribunal de Contas trabalham em cima do escândalo, que atinge em cheio o governo Tarso Genro, PT.

No caso do TCE, o conselheiro Iradir Pietroski aguarda apenas agendamento da sessão na qual apresentará seu relatório sobre o caso, que está concluído e é severo.

6 comentários:

Anônimo disse...

RELATÓRIO MUI SEVERO. Conta outra, o TCE foi feito só para APLAUDIR e APROVAR.
No Rio, dos SETE CONSELHEIROS DO TCE de lá, CINCO FORAM PRESOS POR SEREM
VELHOS LADRÕES. E aqui, aprovando as contas do Tarso Genro estes conselheiros
são o que? Acreditar em TCEs é mais grave do que crer em Papai Noel.

Unknown disse...

TCE-RS - Covil de velhacos senis!!!

Anônimo disse...

ZH de domingo passado,publicou qualificações "genéricas"dos conselheiros dos TCEs.
São fruto de manipulações políticas,muitos com processos correndo engavetados para fazer tempo de se aposentarem.
José Luiz Vargas que o diga...

Anônimo disse...

Duvido que o TCE faça alguma coisa contra qualquer politico.
Tarso Genro colocou o petista Estilac Xavier lá, para cuidar dos seus interesses. Cinco dos sete conselheiros (cheios de mordomias e regalias) são políticos que ganharam uma bela boquinha dos seus partidos, e é óbvio que estão lá para defender os colegas.
Sem falar nos funcionários do TCE, mesmo os concursados. É mais um antro de petistas até a medula. Devem estar fazendo malabarismos para tirar da reta o do trotskista Tarso.
Enquanto essa picaretagem de nomear politico que não se elege mais para esses TCE e TCU da vida, nada muda.

Anônimo disse...

Bueno, pela figura do presidente do nosso TCE, o tal marco pixote é possível auferir o tamanho do estrago que o dito vai fazer nas contas públicas do estado. Um sujeito desses que logrou até o próprio irmão, lá prás bandas de Santiago do Boqueirão, onde quem não é bandido é ladrão ... .

Unknown disse...

Melhor seria:
Tribunal do Faz-de-Contas!!!