Saiba quem é Marco Arildo, peça-chave no Trensurb durante os governos Lula e Dilma

Histórico de Marco Arildo Prates da Cunha, que está na Lista de Janot e que será investigado por corrupção passiva, corrupção ativa e lavagem de dinheiro, junto com o também ex-presidente Kasper, o deputado Marco Maia e o ministro Eliseu Padilha:

1-      Ingressou na Trensurb em 1984 como controlador de operação;
2-      Foi presidente do sindicato dos metroviários;
3-      De 2004 à 2011 foi presidente da Trensurb. Neste período, iniciou a construção da expansão a Novo Hamburgo (Odebrecht), a compra dos trens novos (Alstom e CAF) e a implantação do aeromóvel;
4-      De 2011 a 2013 trabalhou na Invepar que tem como um dos acionistas a OAS, quando tentou privatizar a Trensurb;
5-      De 2013 a 2015 foi Consultor Especial da Trensurb;
6-      Em 2015 aposentou-se;
7-      Hoje, Marco Arildo é membro do Conselho Consultivo da Aeromóvel Brasil, mas não exerce atividade executiva.