Pelegagem perderá R$ 3,5 bilhões por ano com o fim do Imposto Sindical

Com o fim do Imposto Sindical, caso a proposta de Reforma Trabalhista passe pelo Senado, a pelegagem sindical perderá R$ 3,5 bilhões por ano.

Só o Cpers terá R$ 40 milhões a menos no seu caixa, dinheiro que usa como bem entende.

A dinheirama é tão farta que o Brasil é o País que possui a maior quantidade de sindicatos do mundo, São 17 mil.

19 comentários:

Unknown disse...

Fim das capitanias hereditárias incontroláveis de pelegos milionários e trabalhadores sem representação efetiva!!!
Comparem os ganhos das corporações estatais com os dos trabalhadores da iniciativa privada!!!
Elenquem uma iniciativa de aperfeiçoamento e modernização das relações trabalhistas protagonizada pelos pelegos sindicais!!!
Aliás, se peleguismo sindical e grevismo resolvesse, os professores do CEPERS teriam os maiores salários do planeta!!!

Gilmar de Mello disse...

Muito justo o corte.Quem quiser agora que contribua com o seu salário.

Anônimo disse...

Em outras palavras, os trabalhadores ganharão 3,5 bilhoes aos ano.
Em tempo, estes sindicatos também não recebem verba do governo?

Anônimo disse...

Ainda falta terem que pagar impostos.

Anônimo disse...

Os sindicalistas vão ter que fazer o que mais detestaram em todas suas cínicas, mentirosas e hipócritas vidas: TRABALHAR!

Antônio Maria disse...

Falta mexer na caixa preta dos "conselhos profissionais"...

Anônimo disse...

Os sindicatos são terroristas,como o MST.Eles fazem lavagem cerebral na população ignorante.Fazem guerra nas ruas.Amanhã vai ser a baderna em frente garagens de ônibus.Greve faz quem quer.

Anônimo disse...

Políbio. Não vai ser tão fácil assim.
Eles vão achar uma maneira de manter seus feudos. Pode até piorar.
Dúvida? Estamos no Brasil.

Anônimo disse...

M A R A V I L H A! Meu sindicato sempre lutou contra essa excressência de obrigar o tralhador a contribuir compulsoriamente para com os pelegos. Aliás, nunca cobrou esse famigerado. Agora terão de ir às fábricas convencer o pessoal a se filiar e contribuir.

Anônimo disse...

Verba consumida sem prestação de conta. Nós últimos anos serviu tão somente para comprar bandeiras vermelhas, fretar ônibus e pagar manifestantes para apoiar governos corruptos do PT, além de dar boa vida a sindicalistas em detrimento de buscar melhorias para os trabalhadores. Parabéns aos deputados!

Anônimo disse...

Verba consumida sem prestação de conta. Nós últimos anos serviu tão somente para comprar bandeiras vermelhas, fretar ônibus e pagar manifestantes para apoiar governos corruptos do PT, além de dar boa vida a sindicalistas em detrimento de buscar melhorias para os trabalhadores. Parabéns aos deputados!

Anônimo disse...

Para comemorar no dia do trabalho:não somos mais obrigados a descontar um dia de trabalho para esses malandros terem vida boa.

Anônimo disse...

Obrigado Venerável Mestre Temer.


Chega de chinelagem.

Anônimo disse...

Falta abrir as caixas pretas:

CONSELHOS PROFISSIONAIS: proteção das corporações profissionais, faz-se urgente a transparência do uso dos recursos

SISTEMA S: Abertura das contas do sistema SESI, FECOMÉRCIO...
O sistema SENAI de ensino é importante e necessário, mas precisa de uma atualização.

Anônimo disse...

Só fico imaginando a HORDA de ratazanas tendo que procurar um emprego honesto.

Anônimo disse...

Dezessete mil mamadores do Estado irão perder as suas boquinhas .!!!

Anônimo disse...

Quero saber daquela turma de ParasiTas funcionários públicos cedidos pelo governo para os sindicatos, estavam ganhando 2 baita salários: do empregador (estado=nós) e do sindicato=nós que pagamos essa famigerada "contribuição" sindical anual.

Anônimo disse...

no meio de tanta lama finalmente uma boa noticia que impacta diretamente no nosso bolso.
aqui em parobé - rs nós do calçados temos nojo do "pelegão joão do sindicato".

Carlo Germani disse...

A extinção da contribuição sindical obrigatória é uma das soluções.

E as milhares de ONGS que delapidam os cofres públicos com a maior fraude das suas ações?

E as "celebridades" através da lei Rouanet que fazem fortunas financeiras mamando nas tetas do Estado?

E o megaempresariado que capta (e não paga) dinheiro subsidiado do BNDES?
PS-A atual presidente do BNDES está devendo à sociedade brasileira a apresentação de ampla auditoria nos nempréstimos tomados pelos megaempresários. PS-Exemplo:Eike Batista,deu calote de R$ 10 BILHÕES e nada acontece.Inclusive será posto em liberdade pelo insano e criminoso ministro do STF (escritório do petismo-comunismo),Gilmar Mendes.Crime de lesa-pátria.