quarta-feira, 12 de abril de 2017

Outro cidadão gaúcho é morto a tiros em Porto Alegre

O cidadão gaúcho Crlos Alberto Chaves, 48 anos, foi executado a tiros por um grupo armado no bairro Cascata, zona sul de Porto Alegre, na manhã desta quarta-feira.. Pelo menos quatro assassinos participaram do crime, ocorrido na esquina da Rua Ludolfo Bohel com a Estrada dos Alpes. 


Conforme a BM, a vítima tinha antecedentes criminais por roubo, lesão corporal e ameaça. 

10 comentários:

Paulo Sergio da Veiga Rocha disse...

Isso não é cidadão gaúcho, é a execução de alguém do mundo do crime.

Cap Caverna disse...

Este sujeito que morreu, se ROUBOU , AMEAÇOU E AGREDIU, pode ser qualquer coisa, menos cidadão!

Anônimo disse...

Esse "cidadão" gaúcho não vai mais roubar, machucar e nem ameaçar ninguém.

Anônimo disse...

POLÍBIO! TU NÃO ÉS ZH ZELOTES NEM FOICE DE SP!

PORTANTO A MANCHETE ADEQUADA É: MAIS UM MARGINAL BANDIDO SAIU DE CIRCULAÇÃO HOJE NA CAPITAL.

Anônimo disse...

QUeima de arquivo, briga de gangues...

Anônimo disse...

Quando vão fechar a FDRH, aquela fundação ta caindo aos pedaços, e só tem empregado sambando a inércia na cara do povo e político fracassado mamando nas teta do Estado. FIM DA FDRH já.

João Aguirre disse...

Políbio, tens que revisar teus conceitos sobre o que seja CIDADÃO, parece que tu pinças homicídios envolvendo vagabundos para trata-los como se fossem nossos iguais, ou seja, cidadãos.

Anônimo disse...

Polibio, menos. Cidadão sou eu que trabalho. Isto não é assassinato, mas sim queima de arquivo.

Anônimo disse...

INSISTO EM AFIRMAR DE QUE NÃO ADIANTA AUMENTAR O EFETIVO POLICIAL, ISSO É SOMENTE UM PALIATIVO. A SOLUÇÃO ÚNICA É MANTER OS BANDIDOS NA PRISÃO.

Unknown disse...

NarcoEstado em ação!!!