Moro enfia ladrão petista André Vargas em mais quatro anos de cadeia

Na época o trodo-poderoso vice da Câmara afrontou Joaquim Barbosa em pleno Congresso. Ele já roubava, a serviço do PT e dos governos Lula e Dilma. 

O juiz federal Sérgio Moro condenou o ex-deputados federal André Vargas (ex-Pt, atualmente preso e sem partido/PR) a quatro anos e seis meses de prisão por crime de lavagem de dinheiro, na compra de sua casa, em Londrina (PR). A decisão é desta quinta-feira.

Ex-vice-presidente da Câmara, ele foi condenado a 14 anos e quatro meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.


"O condenado recebeu propina não só no exercício do mandato de Deputado Federal, mas também da função de Vice-Presidente da Câmara dos Deputados, esta entre os anos de 2011 a 2014, período que abarca os fatos objeto desta ação penal (maio a novembro de 2011). A responsabilidade de um Vice-Presidente da Câmara é enorme e, por conseguinte, também a sua culpabilidade quando pratica crimes", decidiu o juiz da Lava-Jato.

13 comentários:

Anônimo disse...

Já o Lula, Chefe da Orcrim, todos os dias manda o juiz praquele lugar e nada lhe acontece!! Agora, prepara sua VOLTA TRIUNFAL ao Palácio do Planalto, pois nosso Judiciário, vergonhosamente, acha que ROUBAR milhões do Erário pode, desde que tudo seja declarado ao TSE e à Receita Federal, que foram usadas como lavanderias do PT!!!

Anônimo disse...

Ele ainda levanta o punho desafiando a justiça ou está mais comportadinho?

Anônimo disse...

Um gaúcho entra na delegacia de polícia em Uruguaiana e dirige-se ao delegado:
- Vim me entregar, cometi um crime e desde então não consigo viver em paz.
- Tchê, disse o delegado, as leis aqui são muito brabas e são cumpridas e se tu és mesmo culpado não terá apelação nem dor de consciência que te livre da cadeia, mas fala...
- Atropelei um petista na estrada BR-472, perto de Itaqui.
- Ora xirú, como tu podes te culpar se estes petistas atravessam as ruas e as estradas a todo tempo?
- Mas o vivente estava no acostamento.
- Se estava no acostamento é porque queria atravessar; se não fosse tu, seria outro qualquer.

- Mas não tive nem a hombridade de avisar a família daquele coitado, sou um porqueira!

- Bueno, se tu tivesse avisado haveria manifestação, repúdio popular, passeata, repressão, pancadaria e morreria muito mais gente. Acho o senhor um pacifista, merece uma estátua.

- Mas senhor delegado, eu enterrei o coitado ali mesmo, na beira da estrada.

- Tá provado, tu és um grande humanista... enterrar um petista... és um benfeitor. Outro qualquer o abandonaria ali mesmo para ser comido por urubus e outros animais, provavelmente até hienas.

- Mas enquanto eu o enterrava, ele gritava: estou vivo, estou vivo!

- Garanto que era mentira dele. Esses petistas mentem o tempo todo. Você não viu no caso do mensalão, petrolão, triplex e sítio em Atibaia?

Anônimo disse...

E o MARCO MAIA soltinho da Silva!

Anônimo disse...

Alguma novidade, juiz de primeiro grau moro de curitiba condenar petistas?

Anônimo disse...

É perseguição prender bandido? Moro tem mania de querer prender ladrão.

Anônimo disse...

Muito b oa a história do atropelamento do petista. Vou copiar e colar no FACEBOOK. Excelente!

Anônimo disse...

Novidade seria ver petralha canonizado, entendeu, cúmplice do partido-quadrilha??? Já devolveste as mortadelas ou vai ter que ser sob vara?

Anônimo disse...

Mais uma vez, parabéns DR MORO .!!!

Anônimo disse...

Continue a estória, anônimo das 14:47 horas , é impagável . Pode transformá-la em capitulos e virar série. O Veríssimo , fez a mesma coisa com a velhinha , com criticas à direita . A sua estória , ótima, real, inteligente, fazendo essa critica mordaz à esquerda , jamais seria escrita por LFV . Muito triste a vida do cronista comprometido ideologicamente , pois o cronista tem credibilidade por ser um fotógrafo da realidade social. !!!

Anônimo disse...

Ele não é filiado ao PT

Unknown disse...

Tem que enfiar outra coisa, bem grossa e longa, no rabo desta corja comunista!!!

Anônimo disse...

Moro é uma das raríssimas exceções que fazem a gente achar que esse país de malandros ainda vale a pena. Esse sim merece a medalha do mérito farroupilha.
A propósito, sometimes I wonder, se alguém encontrar o nobre Jean na rua e lhe meter uma catarrada bem no meio das fuça, acontece o quê?