Moro diz em Harvard que corrupção eleitoral é pior do que enriquecimento ilícito

Na palestra que fez neste sábado, o juiz federal Sérgio Moro defendeu que corrupção eleitoral é ainda mais grave que enriquecimento ilícito. Moro participou da terceira edição do evento Brazil Conference 2017, promovido pela Universidade Harvard e pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts na cidade de Cambridge (MIT), nos Estados Unidos. Horas antes, a presidente cassada Dilma Rousseff também discursou – e se recusou a responder perguntas sobre o juiz federal. O procurador Deltan Dallagnol,  Marina Silva, e o ex- presidente do Banco Central, Armínio Fraga, também participaram da conferência.

Durante a palestra de quase duas horas, o juiz também tratou de corrupção e caixa 2 em campanha eleitoral. “A mim causa estranheza a distinção entre a corrupção eleitoral e enriquecimento ilícito. A corrupção eleitoral é até mais grave, porque, no caso do enriquecimento ilícito, você coloca o dinheiro na Suíça e não prejudica mais ninguém. Agora, usar dinheiro de corrupção para ganhar uma eleição vai atrapalhar mais gente”, disse. “Caixa 2 é crime contra a democracia.”

O juiz finalizou lembrando que o país já venceu diversas crises no passado: “O Brasil conseguiu superar graves desequilíbrios. Não podemos nos conformar com nossos problemas e nossos vícios”.

CLIQUE AQUI para ler mais.

9 comentários:

Anônimo disse...

De que adianta dizer isso se as instituições responsáveis pelo assunto-TSE- NÃO ESTÃO PREOCUPADAS com este problema, pois as eleições realizadas com
todo o tipo de fraude só são julgadas depois do mandato dos acusados, que
ainda dispõem da máquina pública para a defesa.
Só os comandos militares é que acham tudo que ocorre normal e se manifestam com uma tremenda cara de paisagem.
É normal só se o que está ocorrendo nas várias instituições corrompidas também
ocorre cotidianamente nos quartéis e longe das vistas da imprensa e dos seus mantenedores, os pagadores de impostos assaltados.

Anônimo disse...

Como esses funcionários públicos fdpzinhos e concurseirozinhos de merda viajam com dinheiro público as nossas custas e não estão trabalhando???? e suas faltas? outro funcionário abona????

Anônimo disse...

Moro absolve Cerra, o Careca

"Não está mais fazendo mal a ninguém..."

09/04/2017

No mesmo dia em que a Odebrecht derrama um monte de Euros na conta do Careca na Suíça, o Imparcial de Curitiba - descrito com sobriedade por Cristano Zanin -, absolve o Padim Pade Cerra de forma irrecorrível: não vem ao caso!

O Juiz Sergio Moro foi aos Estados Unidos, dessa vez para atividades públicas.

Participou de um evento em Harvard, nos Estados Unidos e saiu-se com essa - trecho que, na versão online, a Fel-lha obsequiosamente omitiu:

"Se eu (sic) peguei essa propina e coloquei em uma conta na Suíça, isso é um crime, mas esse dinheiro está lá, não está mais (sic) fazendo mal (sic) a ninguém (sic) naquele momento. (a ênfase é minha - PHA) Agora, se eu utilizo para ganhar uma eleição, para trapacear uma eleição, isso para mim é terrível (sic). Eu não estou me referindo (ah, que bom! - PHA) a nenhuma campanha eleitoral, estou falando em geral (puxa! Que alívio! - PHA)" ...Do Conversa Afiada.

Anônimo disse...

Falou tudo! Grande mestre Sérgio Moro!

Anônimo disse...

Parabéns Dr. Juíz Sérgio Moro pela belíssima conduta em Harvard para defender o Brasil. Louvor também aos Delegados da Polícia Federal, MP e a todos os Juízes que também abraçaram a causa e estão trabalhando incansavelmente nessa árdua tarefa, a de limpar o país e reverter esse quadro deplorável ao qual nos encontramos.

ganhatudo disse...

Para entender bem o crime institucionalizado que foi cometido pelos governos petralhas e sob a sua liderança e comando, tudo como um projeto de poder.
DELEGADO DA POLÍCIA FEDERAL, JORGE PONTES, EM HARVARD.
https://youtu.be/FPhKIUp6hYQ

Unknown disse...

Com certeza!!!
Crime hediondo!!!

Anônimo disse...

SOMOS todos juiz moro

Anônimo disse...

NUM TEM PORVA!!!