segunda-feira, 3 de abril de 2017

Missão gaúcha tenta atrair investimentos inovadores em New Orleans

A  presidente do Badesul, Suzana Kakuta, acompanhada de uma missão de 23 empreendedores gaúchos, chegou ontem a New Orleans, EUA, onde inicia hoje participação na Conferência da Costa do Golfo.

O objetivo dos gaúchos é atrair empresas e conhecer experiências vencedoras em portos, institutos de inovação e saúde.

5 comentários:

Anônimo disse...

Experiência vencedora em PORTOS, Hidrovias e Logística? Basta visitarem apenas o Porto de Roterdam na Holanda, conhecerem a sua administração e funcionamento e os convidarem para vir conhecer o atraso completo das nossas hidrovias, logística e portos públicos administrados pelo governo estadual. Salvam-se apenas os terminais privatizados do Porto de Rio Grande, TECON, TERMASA-TERGRASA e similares, que apesar da luta permanente contra a burocracia asfixiante do Estado, conseguem ter bons resultados.

Façanha, o advogado do povo disse...

Talvez criar fábricas de zumbís e centros de vodú para deslanchar o Rio Grande.

Anônimo disse...

O editor poderia explicar aos leigos como funcionam estas missões? Custos, metodologia e resultados práticos? A cada governo vemos nas manchetes as tais missões a locais com potencial turístico.

Anônimo disse...

>>

Turismo grátis pago com dinheiro dos gaúchos?

<<

Anônimo disse...

Mas não é o BADESUL que tá quase quebrado?
E pagando passeio aos EEUU?