Ex-namorado de 17 anos vinga-se de amante e mata juiz em Porto Alegre

As redes sociais repercutem desde o meio da manhã a informação de que um juiz do Trabalho, da comarca de Santa Rosa, foi morto a tiros em frente ao filho de nove anos na manhã deste sábado na zona Sul de Porto Alegre. O crime ocorreu na rua Zenóbia Lúcia de Deus, no bairro Jardim Vila Nova. O magistrado foi identificado como Cláudio Roberto Ost, de 50 anos.

Ost chegava de uma viagem na companhia do filho, da namorada e de uma amiga. Os quatro entraram na casa da companheira do magistrado e foram surpreendidos pela presença do ex-namorado da mulher, um adolescente de 17 anos. A namorada tem 18 anos. Cláudio Roberto Ost ficou viúvo depois de perder a esposa em um acidente. 

Houve uma discussão e o jovem saiu da residência.


Mais tarde, no momento em que o magistrado deixava a casa foi surpreendido pelo adolescente, que disparou cinco vezes pelas costas. 

16 comentários:

Alberto disse...

Tem que acabar com essa raça de marginais impunes à bala!!!

Flavio Martins disse...

Mais uma vítima dá violência.

Nereu disse...

Sabe-se que era gente muito boa e que, justamente por isso, pagou o preço.
Cara, com 50 anos não dá para se meter com mulher muito nova, ainda mais o sujeito sendo do interior e conhecendo a moça em POA.
Tem alguns de nós que se deslumbram quando uma mulher com menos da metade de nossa idade se atira, principalmente se existirem muito degraus sócio-culturais a separá-los. Não dá! Isso é básico, preliminar, alicerçal, Io, etc.
Infelizmente, um bom sujeito que pagou o preço da ingenuidade emocional.
Puxa, com 50 anos já se conhece um pouco de mulher para evitar arapucas!
Que Deus o tenha!

Luiz Oliveira disse...

Chamar esse assassino de adolescente é uma tremenda insanidade. Esse sujeito é um bandido criminoso, não um adolescente.

Anônimo disse...

Quem procura acha...

Anônimo disse...

Ele com 50 anos ela com 18. Só podia dar m............

Anônimo disse...

Sem preconceito, mas a guria de 18 já tinha um ex de 17.
Não pode dar certo.

Anônimo disse...

18???

Anônimo disse...

Vai pegar 3 anos, se tanto, de "medida socioeducativa"..

Anônimo disse...

O assassininho "édimenor" e, portanto, não vai acontecer nada! Capaz da namorada do finado, ainda por cima, voltar para o bandidinho e viverem felizes para sempre! O finado é que se f..u!

Anônimo disse...

O quê um homem de 50 anos, juiz, fazia numa favela com uma menina de 18?
História mal contada.

Anônimo disse...

Infelizmente é isso que dá, a pessoa se envolver com qualquer um.O juiz foi se envolver com uma mulher cuja origem ele desconhecia,morreu.Infelizmente.Hoje,a pessoa tem que conhecer a família,pesquisar se não há droga no meio,enfim,fazer uma devassa na vida da pessoa e orar muito,se não quiser morrer antes da hora.

Anônimo disse...

De onde saiu a informação que a mulher tem 18 anos? Pelo que li em outros sites ela tem 25, e o ex-namorado dela 17. Pra variar já tem gente chamando o cara de pedófilo sem saber da missa nem a metade.

Anônimo disse...

O juiz era "um quase" pedófilo. !!!

JORGE LOEFFLER .'. disse...

Realmente esses idosos que se metem com cuidadoras de idosos eventualmente se são mal. Um $enador da RB$ é um claro exmplo do que digo.

elias disse...

9:04

Pesquisar para depois se apaixonar?

Voce não entende nada de homem ou mulher.

Paixão é irracional, ainda mais na idade do lobo entre os 40 e os 50. E viuvo!!!!!