Até junho contribuintes saberão qual será a nova planta de valores e a nova alíquota do IPTU em Porto Alegre

A secretaria da Fazenda quer conckluir dentro de dois meses a nova planta de valores dos imóveis de Porto Alegre.

É sobre eles que incidirão as alíquotas do IPTU de 2018.

As alíquotas também poderão mudar.

Irá tudo para aprovação da Câmara de Vereadores.

9 comentários:

Mordaz disse...

Mais uma tungada no contribuinte. Fortunati já tinha feito o mesmo.

Anônimo disse...



Aí fica fácil governar...
Assim até o pipoqueiro do Mercado Público administra...com todo respeito ao pipoqueiro!
Incompetentes!

Anônimo disse...

Gestor que aumenta tributo não é gestor, pq qualquer idiota consegue melhorar as contas empurrando a dívida para a população... Gestão é trabalhar com o que tem e assim obter melhores resultados. Precisamos de novos gestores no RS, não dá pra eleger mais pessoas com carreira dentro de partidos.

Anônimo disse...

NOVA ALÍQUOTA = LEIA-SE = AUMENTO DE ALÍQUOTA!!!!

Anônimo disse...

Caso aumente não tem problema, pois não pagarei mesmo, estou desempregado. O governo me tirou emprego, plano de saúde e me sobrecarregou de impostos. Assim fica fácil governar.

Luiz Vargas disse...

O lombo dos contribuintes, já fustigado por dezenas de impostos, será utilizado pelo coroné interventor, ora prefeito, para dar uma guaribada no seu mandato com vista ao seu objetivo que é o governo do Estado. E tem gente que caiu na conversa mole deste pulha durante a campanha eleitoral.

Anônimo disse...

Preparem os bolsos. Aumento de, no mínimo, 50%.

Anônimo disse...

Na verdade deveríamos pagar é menos IPTU. Afinal, Porto Alegre está tão desvalorizada(falta de segurança, serviços públicos ruins), que qualquer imóvel vale muito menos. Logicamente, por especulação imobiliária, os valores dos imóveis estão mais altos, mas isso não é valorização imobiliária. Para aumentar o IPTU precisa haver valorização do imóvel e não diz nada sobre especulação imobiliária.Teoricamente deveria ser isso, mas sabemos que é só para arrecadar mais.

Anônimo disse...

E´simples:
Primeiro aumenta a base de cálculo do imposto pela inflação.
Depois aumenta a alíquota.
Resolvido.