sexta-feira, 21 de abril de 2017

Artigo, Adão Paiani - Pelego

Tuma Júnior publicou esta foto de Lula no "camburão", fumando, quando foi "preso" pelo Dops de SP, na época comandado por Tumão. No livro, Tuminha diz que Lula, líder sindical emergente, era alcaguete do pai e pelego em São Bernardo.

- O autor Adão Paiani é gaúcho. Advoga junto aos tribunais superiores de Brasília.

Nasci e fui criado numa família trabalhista; com foto de Getúlio em lugar de destaque na sala, e outras de Jango e Brizola espalhadas pela casa. E sempre soube que “pelego” era a pior coisa que se podia dizer de alguém. Quase tão ruim como “dedo duro” ou “alcagüete”, que é praticamente a mesma coisa.

Minha avó de adoção, uma negra de origem yorubá, gostava de política. E me ensinou a gostar também, a ter opinião própria e não ter medo, desde que me conheci por gente. Minha mãe não gostava. Depois do que havia acontecido com meu pai, dizia que tinha de criar um filho sozinha, e não podia se “meter a besta”.

Como tinha que ser, estudava numa escola pública. Um colégio mantido pela Brigada, que é como se chama a Policia Militar no RS. 

(...)

Fiz esse longo preâmbulo para chegar ao que interessa. Já no final dos anos ‘70, ouvia falar que o tal de “Lula” era uma cria dos milicos – mais precisamente de um tal General Golbery - para tirar espaço do verdadeiro líder da oposição ao regime militar, que era Leonel de Moura Brizola.

(...)

O ladrão de hoje sempre existiu. 

CLIQUE AQUI para ler o texto integral.

12 comentários:

Anônimo disse...

É incrível como agora os mortadelas da OAB caem fora do PT...cachorro morto ninguém nem chega perto...mas quando o homem abria as grandes portas do BNDES todos queriam um lugarzinho ao lado do homem...O autor mesmo diz que demorou muito para perceber...aquilo que qualquer um sem os tapes do esquerdismo já sabiam e sempre souberam...

Anônimo disse...

Acordaram? Ora Lula é cria dos militares MAS É EFEITO das porcarias chamadas de Getúlio Vargas,João Goulart e Leonel de Moura Brizola.

Anônimo disse...

Estar entre lulladrão e brizolão é o mesmo que estar entre a bosta e a merda. Sem escolha!

Anônimo disse...

Hoje todo mundo sabe, mas não foi sempre assim. A mídia encobria sua história. Do ponto de vista dos militares, deu tudo certo: acabaram com Brisola, o verdadeiro terror deles, que teria implantado um governo de esquerda e colocoram o metalúrgico em seu lugar. O caos que veio a seguir permite dizer que esquerda no Brasil, nunca mais. Os militares ganharam a parada.

Anônimo disse...

O gênio do Mal, Lula, segundo o depoimento de Léo Pinheiro, teria mandado destruir as provas em “maio ou junho de 2014”. Contudo, o mesmo Léo assegurou em outro depoimento, que os “comparsas” do chefe da organização, Marisa e Fábio, visitaram em sua companhia o imóvel em agosto de 2014. E avisaram que pretendiam tomar posse do triplex no revéillon 2014-2015. Ou seja, Lula iria mudar-se para a prova número 1 dos seus delitos meses depois de ordenar a destruição das provas. É um disparate tão evidente que trai toda a insanidade das denúncias do ex-presidente da OAS. Perguntar não ofende: Qual a opinião de Adão Paiani sobre a Delação de Yeda, PSDB e Onix, DEMOs?

Anônimo disse...

Quando Lula era criança ele tinha um sonho: queria ter uma cozinha planejada. Mas ele não tinha ao certo como realizar esse sonho. Então ele arquitetou: vou para São Paulo, vou trabalhar na indústria, vou perder um dedo, vou virar sindicalista "para dedurar meus colegas" e "puxar o saco dos empresários", depois vou ser Presidente eleito do Brasil, por duas vezes e então vai aparecer uma empreiteira que vai me dar essa cozinha planejada. E então ele conseguiu realizar o sonho e ter a porra da cozinha planejada no apartamento que não é dele, e de quebra, de triplex que nunca morou, autualmente a venda pela OAS.

Anônimo disse...

Sr Polibio:

Gostaria de informar o sr Paiani sobre uma "lenda urbana"

1974: Morre Wlademir Herzog,vítima de tortura nas mãos de agentes do estado.
1974: Golbery convoca uma reunião com líderes políticos da época e com autoridades eclesiásticas e faz a seguinte assertiva:
"Os militares não aceitam Brizola
Precisamos achar um líder para dividir com Brizola"
Cada um voltou para suas bases e convocaram seus liderados.
O Bispo de Sto André se reuniu com os seus,entre eles havia o frei Chico,que disse
- Eu tenho o homem.
O resto é história......
Saudações

Ps As esquerdas da época não engoliram o sapo,aí teve que ter um batismo de fogo.Estádio da Vila Euclides,reunião dos metalúrgicos liderados pelo sr lula.Cel Erasmo Dias cerca o estádio com tropas e até helicópteros aí as esquerdas da época engoliram a isca,o resto é história......

HBJ

Anônimo disse...

LULA nunca deveria ter saído do SEU LUGAR MEDÍOCRE, sindicato.
SÓ SAFADOS deram tanto espaço a ponto de o levar a presidência. GOVERNADO por um ANALFABETO FUNCIONAL só pode dar no que deu, Brasil quebrado!

Anônimo disse...

NUM TEM PORVAS!!

Anônimo disse...

Lula é a comprovação de que nem todos os seres são iguais. Ele não deveria ter ascendido a posições mais elevadas do que pelego sindical.
Tudo o que tocou virou falcatrua, corrupção e desgraça que agora vai se voltar contra ele e provavelmente só sairá da prisão na horizontal.

Anônimo disse...

Lula ou Briza, páreo duro! Difícil dizer qual é o pior. O atraso do RS deve muito a esses dois e seus cupinchas. Recomendo ler o livro sobre a trajetória do gov. Ildo Meneghetti pra entender quem era Brizola e seus métodos.

Anônimo disse...

Analfabeto funcional e pelego que, desgraçadamente, apareceu no momento oportuno para tomar de assalto o Brasil.