Zé Otávio e mais 10 do PP são denunciados pelo MPF do Paraná

Esta é a primeira ação da Lava Jato contra um Partido.

A  ação civil pública de improbidade administrativa apresentada hoje pelo MPF do Paraná pede a responsabilização do PP e dos deputados federais Nelson Meurer (PP-PR), Mário Negromonte Júnior (PP-BA), Arthur Lira (PP-AL), Otávio Germano (PP-RS), Luiz Fernando Faria (PP-MG) e Roberto Britto (PP-BA).

E pede indenização de R$ 2 bilhões.

Também são alvo os ex-deputados federais Pedro Corrêa (PP-PE), Pedro Henry (PP-MT), João Pizzolatti (PP-SC) e Mário Negromonte (PP-BA), além de João Genu, ex-assessor parlamentar do falecido deputado federal José Janene.

As propinas arrecadadas diretamente pelo PP e seus integrantes no Petrolão, de 2004 a 2014, superaram R$ 296 milhões. No mesmo período, o PP recebeu quase R$ 180 milhões do fundo partidário.

A propina equivale a 164% do recebido de forma lícita.

CLIQUE AQUI para conhecer mais detalhes da ação. A reportagem é do Paraná Portal, Curitiba.