Vaccari, tesoureiro do PT, já condenado a 40 anos, toma novo processo em Curitiba

Ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, que já foi condenado a mais de 40 anos de prisão em quatro outros processos, torna-se, novamente, réu de ação penal da Operação Lava Jato;

O juiz Sérgio Moro também foram denunciou o ex-diretor da Petrobras Renato Duque; os ex-gerentes Eduardo Musa e Pedro Barusco; o presidente da Sete Brasil, João Carlos Ferraz; e o lobista Guilherme Esteves de Jesus.